quarta-feira, 30 de junho de 2010

Deu na imprensa

"As cartas estão embaralhadas e postas à mesa. Nem só de Copa do Mundo vive o ano de 2010. Também tem eleições e, a partir de hoje, último dia hábil para definir chapas e registrar candidatos, começa o jogo da disputa eleitoral."

Poucas e boas

Na semana passada levaram as armas e fardas de agentes da Brigada em Capão do Cipó. A resposta foi um aparato de efeito mais moral do que qualquer outra coisa. Muitas armas foram achadas, apreendidas, com gente presa etc. Nenhuma das "ferramentas" eram as da Brigada. E as fardas também seguem sumidas.

E nesta semana , mais uma dos larápios. Me acreditam que quatro presidiários fugiram do presídio de São Francisco? Isso mesmo. Parece coisa de filme. Os caras se mandaram por um túnel, feito embaixo de uma das camas. Bárbaro, esta!

Falando em presídio, no próximo sábado estaremos conversando com Ronaldo Lavarda, diretor do presídio de Santiago. E não esqueça: o Expresso no Ar começa às 10 horas, pela Central FM, 87.9.

O outro convidado ainda não confirmou.

Umas e outras

Cá estamos, num dia quente, que pelo jeito vem chuva. Espero que seja bem mais tarde, pois hoje pretendo jogar um futebol com meus amigos;

Há pouco falei com meu amigo Sidney Almeida, que lançará seu novo disco no dia 16 de julho, Nos tropeiros. O trabalho ficou de fundamento. Sidney é um desses cantores completos, canta bem e sabe tocar uma gaita como ninguém.

E aqui vai uma frase para o amigo e artista: "Tem que pegar e se cuidar".

Por ora, é isso, gente. saio de novo do ar para ir ao dentista. Mas cabe dizer que o Expresso vem com tudo sexta, em mais uma edição especial de aniversário. isto mesmo: são 17 aninhos sem falhar uma edição.



terça-feira, 29 de junho de 2010

Deu na imprensa

"Qualquer pessoa que tenha visto o nascimento da Confederação Brasileira de Futebol, CBF, em 24 de setembro de 1979, dificilmente poderia imaginar no que essa entidade se transformaria cerca de 30 anos depois. De uma reles organizadora do futebol brasileiro, esporte mais importante, influente e caro por essas bandas às vezes esquecida por Deus, a entidade se transformou numa máquina de fazer dinheiro. Muito dinheiro."

Poucas e boas

Há pouco o meu filho de apenas 11 anos lançou seu bloguezinho. Fiquei feliz e alguns amigos meus também ficaram. Mas e não é que o guri se empolgou? Isso mesmo! Na próxima mídia do Corede que sair ele quer um pedaço! Afinal, está tendo dezenas de acessos por dia, e nem um é de loucura...

Estamos até o pescoço de serviço aqui a redação e nem sobra tempo para alimentar este blogue. Que bom! Sinal de que o Expresso é o que realmente faz sucesso.

Esse fenômeno dos blogues é uma boa mesmo. Exercita a comunicação, o "autoelogio" e serve para sabermos o que cada um pensa sem problema algum. O único inconveniente é que, a seguir assim, teremos que dedicar um dia inteirinho se quisermos ler todos os blogueiros.

Expresso no Ar


O Expresso no Ar ouviu o secretário Ademar Canterle, da área de planejamento. Ele e alguns membros da equipe disseram quase tudo o que a prefeitura fará pra mudar a cara de Santiago. Asfaltamento, padronização de calçadas, reforma no banheiro da praça, obras em geral... veja uma síntese na edição de sexta.

Manias

Santiago criou a tal mania da coletiva. Dia desses alguém foi entregar não sei o que para o prefeito (bem cedinho) e queria todos os comunicadores lá. Parecia o Dunga ou o Lula.

Tudo bem, é um direito de quem convidou; é uma honra ser convidado, mas não existe veículo e nem gente para absorver toda essa notícia produzida em coletiva ou da simples entrega de algo ao prefeito.

Mar de mídia

Quando iniciamos o Expresso há 17 anos, logo vieram dezenas de outros jornais. Eu disse dezenas... Todos morreram. Mais adiante criaram mais uns 20, de novo se foram. Decorridos outros pares de anos, tomem mais jornais apenas um(s) se mantém, e até hoje é assim.

Mas para quem pensava que era fácil fazer jornal, e que difícil era ter outro meio de comunicação, como rádio e outras mídias eletrônicas, o engano foi provado.. A proliferação de rádios só cresceu. Já são cinco. E ainda temos som de rua, jornais, blogues e até TV pela internet (tudo em Santiago).

Diante de tantos veículos, restam algumas dúvidas ao ouvinte-leitor e anunciante. Onde sintonizar? Há tempo para assistir, ler e ouvir tanta coisa? O que ler e em qual anunciar?

Simples: basta pesquisar um pouco e ver quem de fato chega ao destinatário. O sol nasceu para todos, é verdade, e cada um tem seu espaço, que é outra verdade, mas há uma coisa que se deve dizer: “Em tempos bicudos é proibido jogar dinheiro fora, errando o alvo da propaganda”.

E eu ainda não falei das ajudinhas para este ou aquele artista lançar disco, livro, banda etc. Não falei das quadras de esporte pintadas com logo de empresas tipo um classificadão que poucos se dão conta e nem das camisetas e folders onde mal se vê os nomes das empresas apoiadoras.

Bem, na consulta

Santiago teve nove mil votantes na Consulta Popular e, destes, 7.810 votaram para melhoramento no hospital. Cerca de 87% não quis saber de outra coisa. Isso prova, no mínimo, que todos estão pensando muito na saúde em geral ou que a mídia do hospital e a mobilização de sua equipe foi espetacular.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Mais uma...


A juíza Lilian, os diretores da Fase e eu


F.A.S.E

Estive em Santa Maria para uma palestra na Fase - Fundação de Atendimento Sócio-Educativo. O nome é pomposo, a sigla é criativa (remete a um período da vida de quem está lá) mas a realidade é dura. Lá em vi meninos que de uma hora para outra mudaram suas vidas, seja matando alguém, estuprando ou roubando e que agora tentam recomeçar tudo.

Conforme o diretor Márcio Cardoso Weiler, a conversa com os jovens deveria ajudá-los. Mostrando minha experiência - desde que perdi meu pai, a infância sofrida até a criação do Expresso - eu iria convencê-los de que cada ser é capaz de se dar bem na vida, basta querer.

A conversa foi longa, divertida em algumas vezes (quando contei piadas), e dramática em outras (quando narrei partes desgostosas da minha vida, quando saí pelo estado à procura de oportunidade, indo parar até em instituições tipo a Fase.).

Minha maior alegria foi ver presente a juíza Lilian Franzmann, que por muito tempo trabalhou em Santiago e que deixou sua marca na área da Infância e da Juventude.

Também fiquei alegre por saber que o Márcio gostou do meu trabalho, a exemplo da juíza, e fui convidado a avançar em outros rumos, para outros públicos.

Agradeci aos diretores da Fase e me coloquei à disposição. Recebi lembranças e aplausos, sendo esta uma de minhas melhores atuações (creio eu). E se era para os meninos aprenderem comigo, devo ter atingido o objetivo, mas eu sim, tenho a certeza de que aprendi com eles, passando junto mais uma boa parte da vida. Uma boa F.A.S.E.

Futebol e política


O Brasil papou o Chile e, conforme a maneira de jogar apresentada hoje, estamos credenciados ao título. Conforme Paulo Sant'ana escreveu em Zero Hora, o Brasil será campeão, pois os times que enfrenta não são bichos-papões, a não ser na final, com a Argentina ou Alemanha.

Sant'ana também disse que a Dilma será presidenta do Brasil. E ele disse isso quando o Serra, seu maior rival, liderava as pesquisas com 10%. O jornalista voltou a dizer isso depois de muitas análises e, principalmente, baseado no grande prestígio de Lula, padrinho eleitoral de Dilma.

Eu não vou dizer que Sant'ana está errado. Afinal, estou escrevendo sobre suas palavras, sinal de que acredito nele e nas previsões. E dizem que ninguém transfere prestígio, mas no caso do Lula, que tem até demais, o pouquinho que a Dilma conseguir já servirá para elegê-la, até porque a ruindade do outro candidato é muito grande. Veremos.

O retorno

Oi, gente amiga. Fiquei fora, como já viram, pois fui a Santa Maria palestrar na Case, unidade da Fase, a convite do seu diretor, o Márcio Cardoso Weiler. Depois dou detalhes;

Já no sábado, em casa, não atualizei este espaço pela falta da ferramenta básica para este serviço: o sinal da internet caiu lá em casa. Não sei o que houve. Agora, estou na redação do Expresso;

Final de semana com mais uma morte, provavelmente por rixas causadas por dívidas. O homem conhecido por Brinco, bairro São Vicente foi achado morto com três tiros na cabeça. Deve ter sido uma "execução";

Sabe-se que o morto tinha larga ficha criminal, com envolvimento em roubo, tráfico, ameaças...

Logo, logo teremos Brasil e Chile, quando as ruas de Santiago vão virar deserto. Como temos muita lida, verei apenas parte do jogo;


quinta-feira, 24 de junho de 2010

Não estou

Hoje, sexta, dia de jogo da Seleção, dia do Expresso, dia meu também. Tô de folga. Aliás, folga, não. Meia folga, já que me encontro em Santa Maria para uma palestra na Fase. Isso mesmo: falo para os menores, adolescentes internados nesse "presídio" dos menores de idade.

Agradeço ao Márcio Weiler pelo convite. Nem sei se sou a pessoa indicada. Mas digo o seguinte: se os meninos vão aprender comigo, muito mais eu vou aprender com eles. A vida segue sendo uma lição.

E nem vou dizer aqui que eu fui criado sem pai, pelo mundo, no qual me formei. Nem vou dizer que hoje, odeio armas, pelas quais meu pai morreu. Nem vou dizer que o homem, pra ser macho, deve aguentar as coisas, saber sair de situação adversa sem precisar do gatilho., mas isso é outro papo. Até mais, meus amigos...

E não esqueçam de ler a entrevista com o Chico Gorski, Clovis Brum e Rosane Vontobel: os ases da educação em Santiago. Tá boa demais.

Só espero que o Chico, que era "Chiquinho", não saia da URI como Chicão. Mas se sair, o mérito é todo dele. As fichas estão lançadas...
Caminhonaço

Ainda sobre o caminhonaço, com o qual não sou muito simpático, recebi alguns e-mails justificando a iniciativa dos produtores. Entre os contrapontos, publico este, do meu querido amigo Dr. Ruy Gessinger. Ele disse o seguinte:

“Esse caminhonaço é um grito de alerta para as autoridades, pois a continuar assim, com os preços agrícolas aviltantes, não havendo garantia de renda para o produtor, a locomotiva que está proporcionando o superávit nas nossas contas externas vai parar. Por isso, eu acho que o governo federal só se sensibiliza com pressão, e pressão legítima.”

Digo eu - “Cosa” muito boa o contraponto, e o Ruy é perito em agronegócio, portanto, deve estar certo e vamos respeitar sua opinião. Agora, tomara que o governo se toque, então, e ajude estes próximos. Torçamos também que não sejam precisos outros “aços” senão ninguém mais vai ficar em casa neste país de meu Deus.

Mais algumas

Há pouco a Itália foi mandada embora pela Eslováquia: 3x2. É a atual campeão do mundo despedindo-se da Copa, quem diria...

Amanhã teremos Brasil e Portugal , jogo que só define 1° e 2° do grupo, mesmo assim será um baita teste, pois os portugueses aplicaram a maior goleada da copa em cima da Coreia, mesmo time que sofremos para fazer 2x1.

Amanhã estarei em Santa Maria palestrando na Fase. Vou falar com a meninada que mora por lá e que desejam ouvir alguém com certa experiência de vida e, como o diretor Márcio Cardoso Weiler acredita que eu tenho, lá me vou.

Logo darei alguma luz do que o Expresso traz amanhã. Tem pra todos os gostos, como sempre. Aguardem...

Inda há pouco soube que apreenderam mais armas lá em Capão do Cipó. Pelo jeito a cidade estava virada num arsenal. Toma! Arma só serve pra matar, e matar covardemente.
Prova da OAB:
Só cinco aprovados na cidade

A prova da OAB - Ordem dos Advogados do Brasil não foi fácil para os candidatos que fizeram a avaliação em Santiago. Na 1ª fase do exame, ocorrido há poucos dias, apenas cinco aprovados. Estes ainda terão que passar pela 2ª fase antes de se tornarem advogados. São eles: Alan Pereira Ferreira, Antônio Brasil Pereira Azolin, Gustavo Pereira Bertazzo, Karem Brandão e Litiane Flores Dellevatti. Em todo o Brasil, havia 95.764 inscritos. Passaram 9.992.

Buenos dias

Asfalto em Santiago

Ao ler sobre o asfaltamento de ruas centrais, um leitor questionou como ficará o asfalto já existente na Alceu Carvalho, Aparício Mariense, Júlio de Castilhos e Pinheiro Machado. A redação soube que todas estão incluídas no projeto e receberão nova camada asfáltica.

Polícia Civil prepara
baile Preto e Branco

A Polícia Civil de Santiago está planejando o seu 1º jantar-baile. O evento, denominado Preto e Branco (as cores da instituição) será no dia 20 de novembro, no Clube União. A ideia do evento foi do delegado regional Marcelo Arigony. A equipe já está agilizando a contratação de banda e buffet.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Quentes do Expresso

Chico, Rosane, Márcio, Clovis e Sandra - Expresso no Ar

Não me manifestei sobre o Expresso no Ar desta semana por pura falta de tempo, ou quase, mas como já estamos em cima do laço para a nova edição do Expresso, adianto alguma coisa.

Mesmo eu não estando na cidade, já sei de tudo graças à equipe excelente que trabalha comigo. Leia-se Sandra e cia.

E aqui um recado ao meu amigo Eldrio: não pude ouvir a rádio Central pela Net. Esgotou o pacote?

Indo mais a fundo sobre o programa, digo que o Chico, O Clovis e a Rosane simplesmente arrasaram.

Agora não digo muito, mas não percam o Expresso de jeito nenhum e uma palhinha dou agora:

“Quanto à professora Ayda, eu fui por muitos anos o seu braço direito, esquerdo e o escudo, às vezes, mas isso a dona Ayda, na sua dignidade, deve lembrar. Ela sempre terá o meu respeito. Se ela escolheu apoiar o professor Sandro Ustra numa outra chapa, isso eu tenho que respeitar e deixo na consciência dela".
Rosane Vontobel

“Estou pensando em pedir recontagem. Já tenho 90%, tal é o número de pessoas que diz que votou em mim.”

“Teve uma professora do Direito com quase 70 na turma e dispensou todos, aí não conseguimos a maioria com os alunos, mas tivemos com os professores, comunidade e funcionários.”

Chico Gorski, novo diretor da URI Santiago




Poucas e boas

Fiquei abismado ao saber que em São Borja a Polícia Civil cobra cinco reais para o registro de perda de documentos etc, e que usa carro clonado (ou sem placa) no trabalho.

Hoje também soube que alguns inventaram uma nova mania de reivindicar e também de dar desculpas pra não pagar contas: depois do panelaço, buzinaço, inventaram o caminhonaço. Tá sobrando combustível pelo jeito.

Já estão em 15 o número de prisões da semana. Até um motoqueiro bêbado que matou uma senhora baixou o xilindró. Viram? Brinque com a nossa lei!

E pra quem pensa que caçar, matar, pescar não dá nada, que veja os quatro caçadores que viram o sol nascer quadrado hoje. Não perca, tudo isso e muito mais, no Expresso.

No rolo dos camaradas presos foi até um que mora lá pros meus lados. Aí, renasce uma manchete que publicamos há pouco tempo: "veja se os eu vizinho não está entre os presos".

Politicando...

Berfran será vice de Yeda

O ex-secretário de Meio Ambiente do Estado e atual presidente do PPS foi confirmado como vice-governador na chapa de Yeda Crusius. A aliança na busca pela reeleição da governadora conta com o PSDB, PPS, PP e PRB. Yeda agora está buscando apoio de Luis Augusto Lara, que desistiu de concorrer pelo PTB e pode somar-se na campanha, que terá como adversários José Fogaça, do PMDB, e Tarso Genro, do PT.

"Porra de multa", disse Lula

Isso é que são companheiros: sindicalistas da Confederação Geral dos Trabalhadores do Brasil decidiram fazer uma vaquinha e arrecadar R$ 10 mil para pagar a multa aplicada a Lula pelo TSE por propaganda antecipada. "Ótimo, porque não tenho salário pra pagar esta porra de multa", teria dito Lula ao presidente do CGTB, Antonio Neto.

PV terá candidato ao governo

Depois de oficializar Marina Silva à presidência da República, o PV (Partido Verde) anunciou que também terá candidato a governador no Rio Grande do Sul. Será o médico Montserrat Martins, que concorre pela primeira vez. A expectativa do partido é de conseguir eleger um deputado no Estado.

Consulta goela abaixo

Hoje votei na consulta popular. Sei que este é um meio de conseguirmos mais obras pra nossa região, mas fiquei puto da cara mesmo assim. Esse é o modo "lava-mãos" dos governos. Depois, quando as coisas não vêm, eles dizem: bem feito! Não foram votar...

Ora! Um governo deveria saber quais as necessidades de uma população sem fazer com que ela saia de casa pra votar naquilo em que as organizações pedem, seja polícia, área da saúde... "Se mais gente votar, mais dinheiro pra Santiago."
Isso tá errado!

Reconhecimento


Boa tarde, pessoal do JEI.

Sou o professor Leandro do IFFarroupilha-São Vicente do Sul, estive há quase um mês ai no jornal para realizar um trabalho de divulgação do CD do meu aluno Eusébio Paim, demorei de retornar o e-mail e agradecer, pois sabia que após ter o trabalho exposto no jornal a repercussão seria grande.
Realmente muitas coisas boas aconteceram o Eusébio recebeu convites para apresentações, vendeu vários CDs e, como em conversa com a Srª Sandra, ele começou a cobrar pelo seu trabalho. Tive a oportunidade de ir em rádios em na região e foi citado pelos locutores que o Eusébio havia saído no JEI.
Referente à saúde, ele já foi em duas consultas e está quase certo que em agosto fará a reconstituição do nariz e no final do ano terá novas consultas dos olhos.
Em meu nome e do Eusébio quero agradecer ao João Lemes que eu entrei em contato, pelo trabalho do Denilson Cortes e pela dedicação e conversa com a Sandra Siqueira. Obrigado a todos e sucesso.
Leandro Wes Parise


Agora digo eu
Olha, professor Parise. Não fizemos mais que a nossa obrigação, mas sempre é bom recebermos o reconhecimento, força maior que todo o ser precisa para seguir firme na sua missão, assim como o Eusébio também recebeu. Gostamos de confirmar a nossa grande circulação e repercussão e isso se dá, muitas vezes, pela palavra de gente de crédito como o senhor.
E mais: também temos muito a agradecer ao Eusébio porque tenho a certeza de que em muito colaborou com os leitores mostrando força de vontade, fé e perseverança, requisitos tão necessários na nossa vida diária.
Contra o radar
O Peixotinho é contra o radar móvel em Santiago. Disse que em Santiago isso não pega. Mas será que já pegou algum amigo ou familiar dele?

Outra brecha do guri
E ainda gozam do seu Arlindo, que é do campo, dizer "nóis". O Peixotinho saiu com a palavra "degrais", por duas vezes. Essa, deve ter aprendido com o Zé Otavio Germano.

Deu na imprensa

Seis anos sem Brizola - Apenas complementando, devemos lembrar novamente a importância que Brizola dava para a educação. Sua influência, mais do que trabalhista, deve ser lembrada pela quantidade de escolas que esse grande estadista construiu quando era governador do Rio Grande do Sul

Multiplicou as salas de aula, criando uma rede de ensino primário e médio que atingiu os municípios mais distantes, inclusive nas zonas do pampa, de baixa densidade populacional, criando 5.902 escolas primárias, 278 escolas técnicas e 131 ginásios, colégios e escolas normais, totalizando 6.302 novos estabelecimentos de ensino. Abriu 688.209 novas matrículas e admitiu 42.153 novos professores.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Pelotão de fuzilamento

Caro jornalista:

Gostaria de parabenizar o justiciamento público feito aos elementos.
Aqui no resto do Brasil é diferente. Demorado, complicado, burocrático, nojento.
Aí, não. Já temos os nomes na imprensa, oxalá as fotos e o endereço, né?

Aqui em Blumenau os veículos da RBS, veja só, tiveram de se enquadrar às leis e não mais divulgam nada antes que ocorra o tal de Devido Processo legal (com todas aquelas incomodações de denúncia ao juiz pelo MP, julgamento, etc).

Claro que tiveram de arcar com enormes prejuízos em ações judiciais.
Aí em minha querida terra (e, parece-me, também em Capão) a coisa funciona melhor. Na hora já sai o julgamento.
Será que não seria o caso de propormos a volta do pelotão de fuzilamento, tão útil em caso de guerras? Obrigado. Progresso sempre! (Weimar Donini)

Meu vizinho ladrão


Quando o bandido
mora ao seu lado

Um leitor questiona a segurança pública e ironiza dizendo que é um privilégio de poucos o fato de ter um assaltante como vizinho. Como pode? Questiona ele: “O mesmo sangue, mas com vidas opostas. Sim, porque o pai é policial e, perante à sociedade ele jurou cumprir e fazer cumprir a ordem pública.

Esse pai tem o dever de nos proteger, enquanto que o filho assalta à mão armada, porta arma ilegal estrangeira, entre outros delitos. Como fica a situação dos pais desse criminoso?

Outras perguntas ainda seguem ocupando a mente desse santiaguense, talvez as mais interessantes deste texto: de quem é a culpa? Da família? Da sociedade? O que devemos fazer para que os nossos filhos não cometam esses erros?

Capão do Cipó

Helicóptero "caçador"

Logo após o furto, policiais foram mobilizados e a procura pelas armas, pistola .40 de uso restrito, foi iniciada. Logo a equipe de inteligência chegou ao nome de dois suspeitos e até um helicóptero da Brigada veio de Uruguaiana para ajudar a descobrir a rota de fuga. O major Ney acompanhou o piloto no 1º sobrevôo e mobilizou reforços para capturar os marginais.

Presos com armas

A Brigada Militar montou barreiras em todas as estradas de acesso a Capão do Cipó e cumpriu alguns mandados de busca. E os resultados apareceram logo: José Ênio Santos do Nascimento e Paulo Walmir Garcia do Nascimento, pai e filho, foram presos por porte e posse ilegal de armas.


Na casa de Ênio, foram encontradas uma pistola e espingarda. Paulo Walmir estava com um revólver furtado. Ênio pagou fiança e foi liberado. Paulo Walmir foi para o presídio e continua sendo um dos principais suspeitos do furto das armas da Brigada.
CONSULTA POPULAR
2010/2011

Amanhã dia 23 de Junho de 2010 é o dia da Consulta Popular 2010/2011, não saia de casa sem o seu TÍTULO DE ELEITOR e VOTE na urna mais próxima de você.

"É O GOVERNO DO ESTADO, OS MUNICÍPIOS E A POPULAÇÃO TRABALHANDO JUNTOS PARA CONSTRUIR UM RIO GRANDE DO SUL CADA VEZ MAIS FORTE."

Veja no Expresso

As boas do Simão
(da Band News)

Argentina clona primeira cabra da América Latina. Sabe o que ela gritou? Peléééé, Peléééé

Lula: “Companheiro Dunga, traz logo o caneco que nois vai enchê!”
O que os deputados gritaram quando foi aprovado o projeto ficha-limpa? “Sujou!”

Tem uma campanha anti-drogas em Porto Alegre que é o lema do Dunga: Craque Nem Pensar

Chicão II

Se falsa simpatia e tapinha nas costas fossem necessárias para o Chicão se eleger... Daí seria eu que não votaria nele!!!!! O Gringo é feio mesmo, mas muito humano!

Chicão

Olá, João. Mas falando em simpatia, o que vc acha do ex-prefeito CHICÃO? Se simpatia ganhasse eleição... tenho é pena dele, pois também não é nada simpático. O que leva ele são seus apoiadores. (anônimo);

É, amigo, opinião é opinião. Fazer o quê!

O clone


O Expresso sempre esteve aberto às sugestões, algumas, para a seção do Clone da Semana. Pra minha surpresa me veio este, lá de São Chico. E o leitor (Jairo Oliveira) ainda zombou dizendo que nem precisava falar com que é parecido o Eduardo Antonini, secretário da Copa. Vocês também concordam com o leitor? Então, me digam, com quem, quem, quem?...

Vai sair no Expresso


Capão do Cipó

Disseram-me que havia bebida alcoólica lá na festinha do prefeito Froner, quando levaram a farda e armas dos brigadianos. Mas que tolice! Que eu saiba, o prefeito cipoense até evangélico é. Ora se ele iria permitir bebedeira logo na sua casa...

Complicando...

Desconfio, assim como o Denilson também desconfia, que desta vez menos gente vai votar na Consulta Popular. Também, o governo vive complicando a vida do pobre povo com pouco estudo (a maioria) com "demandas", "gargalos"...

Seria melhor dizer as obras e serviços que você quer pra sua região. E não "demandas", palavra que remete para vários sinônimos. Volto a dizer sem medo de errar: os assessores dos governos criam coisas para os da classe mais alta entenderem e para eles mesmos;

A Brigada vai pedir que votem no aparelhamento para seus policiais. E agora, após o episódio Capão do Cipó, isso se fez muito mais necessário eh,eh,eh...

Mas aqui em Santiago também temos aberrações. Vejam esta: a maioria dos empresários é de 30,35 anos pra cima. Não gostam muito de rock. No entanto, o nosso Centro Empresarial quer chamar a atenção dos pequenos empresários com um rock, pop-rock ou sei lá o quê. Tá errado!

Seguindo a linha das comunicações, notaram que agora o famoso ãhãhãh entre uma palava e outra (quando não se sabe o que dizer) foi substituído pelo éééé, éééé?

Um abraço aos amigos leitores e o desejo de que estejam gostando desse friozinho. Eu não. Tenho pavor de frio. Fico "podre" de nojo.

Deu na imprensa


Há 6 anos morria o último "ente cívico" do país. Leonel de Moura Brizola, que era um menino pobre do interior do Brasil, que chegou à Capital Gaúcha só, que começou a arrumar um troco abrindo porta de táxi aos passageiros que aguardavam em fila no ponto do Centro da cidade.

Depois arrumou emprego de ascensorista no elevador da Galeria Chaves, onde condicionaram o pagamento do salário ao boletim escolar, como garantia de que não deixaria de estudar. Em função disso terminou por formar-se engenheiro e, na escola pública, aprendeu que a política era o meio da mudança necessária para diminuir a diferença num país de desiguais.

Afonso Mota

Afonso Mota é um grande empresário. Não tenho dúvida disso, o que eu duvido é que ele chegue à Câmara Federal, pois para ser eleito não bastam só inteligência, honestidade e bom serviço prestado. É preciso cair na simpatia do eleitor, o que pode não ser o caso dele. Essa foto em forma de santinho político acaba de chegar na redação. Vejam seu tremendo esforço para ser simpático.

Falando nele, uma vez a Sandra e eu estávamos numa festa italiana ali em Chapadão e por lá surge a figura do grande Afonso Mota, que olhou pra ela e perguntou como estava a coluna dele no jornal. A Sandra foi obrigada a informar que ela era do outro jornal, para o qual ele nunca escrevera nada.

Vimos, naquele instante, que o rapaz era mal-informado. A Sandra veio pra Santiago junto com o Expresso e representa este veículo há 17 anos. Como que ele não sabia que ela, no mínimo, não era do jornal que ostenta a sua coluna?

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Boa esta do Prates

Terminou a palhaçada do PTB. Lara concorre a deputado estadual. Ganhou exposição na mídia, usou todo mundo fingindo que queria ser candidato a governador e - agora - vai concorrer a deputado estadual. Aprendeu a malandragem com Beto Albuquerque. (Júlio Prates)

Eudo x pose

Olá,
João..

"Muito bom para Jaguari, né? 3 caminhões novos...
Caso aconteça enchente novamente a prefeitura terá caminhões à disposição para ajudar os moradores, quadro bem diferente da última enchente que não tinha, pois a ex-administração não deixou em condição de uso.
E realmente concordo, o Eudo faz pose para dirigir...kkkk.
Até mais. "(Igor)


Boa esta, Igor. E tens toda a razão. E não liga pro resto. Isso faz parte do sarrinho aquele, mas ninguém tá livre. O Eudo é de fibra, eu sei. Forte aliado do João Mário.

Liga de Futebol

OLÁ, JOÃO. FICO FELIZ DE CORAÇÃO PELO REGISTRO QUE VOCÊ FEZ NO SEU BLOG DA FINAL DOS VETERANOS SETE.
UM ABRAÇO
LUCIANO VIEIRA

Carro do Eudo

QUE VERGONHA, SR. EUDO!
E AINDA TRANSITA FAZENDO POSE
KKK (Anônimo)

Tide mata a pau


Chega dos mesmos. 1 - URI.

Apesar de toda baixaria e exposições viscerais dos candidatos no primeiro episódio verdadeiro "duas chapas" da historia eleitoral URI Santiago, que machucou e vai deixar sequelas, nada melhor que democracia, voto na urna, universalidade de ideias e posições, voto secreto, respeito a o resultado. Não há derrotados e nem vencidos, há uma nova URI. Se não entenderem a necessidade de unidade acima de tudo, maiores as dificuldades, mas uma nova URI, com novos rumos, ares e expectativas, e espero sinceramente, sem assombros dos fantasmas do passado, sem forças ocultas, e quem venceu tenha autonomia e independência. Deixem a nova direção trabalhar.

Minha querida Ayda Bochi Brum teve um papel importantíssimo neste processo. Sem ela, não teria o contraditório, não teríamos o debate, e historicamente, sem a estrada que ela traçou do Quinto de São Francisco até aqui, talvez não tivéssemos a URI, que tanto nos preocupa que tanto reflete em nossas vidas. Poderia ter ficado em casa, com a consagradora história de vida e trajetória social e comunitária. Quis contribuir novamente, e apesar dos números finais, contribuiu, pois se candidatar em um processo paroquial político comunitário é de um desgaste extraordinário, é cara a cara, tem que ter sangue nos olhos. Parabéns, dona Ayda, parabéns a todos e todas que acreditaram e apostaram nas suas intenções.

O Professor Chico Gorski, meu amigo, mesmo me trovando há anos com a vaquinha brasina até hoje não resolvida, deve ser um grande diretor. Sabe tudo de URI. Foi seu primeiro contador, professor na área, e até hoje vivencia o processo administrativo, conhece a coisa, e espero que tenha liberdade em relação a direções passadas, sem intervenção, sem rancor ou aproveitamento político. Setembro, alma nova, novos rumos. Tem tudo para dar certo. Tem visão de futuro, sabe ouvir, sabe dialogar, respeitar seus colegas. Há um alívio nos corredores.

O próximo período será o primeiro, em que a Direção da universidade não contará com os mesmos elementos de origem, Dona Ayda, Professoras Rosane Vontobel e Salete Reolon, bem como o professor Clovis Brum, ficaram para a história.
A Michele Beltrão, no meu modo de ver, foi a grande força da chapa do Chico, sempre tive esta convicção, ela é quem representa a discussão que vem historicamente de alguns professores de Administração, Contabilidade, Direito e História, do FORDRIN, do NADRI, com outra visão de mundo e política, humanistas, com preocupação social e desenvolvimento social.

Ignorante são aqueles que pensam que ela é a continuidade político-partidária e ideológica, baboseado em textos mal intencionados que rolaram por blogues que vivem de esmolas de fofocas, e pedindo "bênção, patrão", negando que não devem favores, com rabo, cobrando rabos, urubus do jornalismo, do sério e esforçado meio de comunicação de Santiago. Mas as carretas andam e as laranjas podres vão cair.

O Padilha, pouco devo e posso falar, são poucos os momentos que tive contato e informações sobre o professor, mas aqueles que eu conheço e convivem com ele, colocam como uma pessoa séria, com gana de futuro e responsabilidade social, se assim for esta bem encaminhada a nova direção da URI, sem o cheiro do rancor político, sem "discutições" familiares, sem o peso do passado, com a boa expectativa da comunidade.

É importante saber ouvir todos, observar experiências de reconstrução na área de educação em outras comunidades, ter mais aproximação com ações e projetos dos governos, principalmente o Federal, que no meu modo de ver, foi o grande erro desta direção que esta encerrando seu ciclo, auto isolamento, político social, por posicionamento e tutela partidária.
Com todo respeito e admiração que tenho a todos e todas, chega dos mesmos.

Tide Lima, ex-aluno de História URI Santiago..
19 de junho de 2010.

E-mail recebido

Sr. João Lemes!

Sou um santiaguense de nascimento e, apesar de residir há muito tempo longe, ainda guardo muito apreço pela - hoje - Terra dos Poetas.
Pois, bem... O que quero aqui, é registrar uma espécie de "ressalva" quanto às "postagens" que, freqüentemente, leio quando procuro aproximar-me um pouco do que se passa em minha terra natal.

Sinceramente, é lastimável ler nos "blog's" dos que se dizem e/ou acreditam ser profissionais da imprensa e, conseqüentemente, formadores e difusores de opinião, textos escritos de forma tão equivocada e primária (isso, falando em ortografia, pontuação, acentuação, etc...), que - certamente - causariam espanto ao meu sobrinho e a alguns de seus colegas que cursam, hoje, o 1º ano do ensino médio.
Não quero ser "chato".


Gostaria apenas, como leitor inveterado que sou, de registrar o quão desagradável é ler textos que comportem tamanhas atrocidades à língua e à gramática portuguesa. E, o pior: textos esses que, por serem publicados somente via internet, não podem nem usufruir do "benefício" da falha de impressão.

Atenciosa e carinhosamente,

Carlos Henrique Duarte

Trânsito

Prezado João, que tal realizar (Poder Executivo Municipal, apoiada pela mídia local) uma campanha educativa/conscientizadora junto aos proprietários dos veículos? E, se não resolver, resta ainda a alternativa de uma 'área azul' (estacionamento pago, tempo limitado ao máximo de 2 horas por veículo/vaga), como existe na capital, Canoas e tantas outras...
Júlio Garcia

Pampa Boa Noite


Há poucos dias o meu amigo Ruy Gessinger lascou mais umas boas na TV Pampa - no “Pampa Boa Noite”. Da esquerda para a direita se vê Fernando Vieira, Armando Burd, Marco Maia e o santiaguense Ruy, que também é colunista aqui no Expresso. É Santiago e Unistalda sendo vistas além fronteiras.
E para alegria dele e nossa, logo poderemos ter o sinal desse canal aqui em Santiago.

Semana agitada

Produtos roubados (e recuperados) no Mercado Gayer, mais as armas dos moleques. Um dos assaltantes, infelizmente, é filho de um policial militar. Pobre pai...

A semana foi intensa para a nossa polícia. Se de um lado tivemos assaltos e em seguida as prisões dos envolvidos, por outro tivemos a triste notícia do roubo das fardas e das armas da BM em Capão do Cipó.

Conforme o capitão Müller, após uma reunião oficial com o prefeito Froner sobre reforma no prédio da Brigada nesse município, houve um encontro festivo entre os organizadores da Expocipó.

Como era na casa do prefeito, eles resolveram não permanecer fardados e armados, deixando tudo na viatura estacionada no pátio da casa (granja). Aí, alguém arrancou o vidro do carro e fez o dano.

“Não lamentamos somente a perda das armas, mas tememos por algum possível crime que alguém possa praticar com elas”, disse o capitão, assegurando que o serviço de inteligência está às catas dos larápios.

Eleições na URI

“Parabenizamos toda a equipe do Expresso pela postura ética durante o processo eleitoral da URI - Santiago.”
Clovis Brum, diretor.

Coordenadoria de Educação

Informo ao amigo que a 35ª CRE São Borja tem nova Coordenadora conforme Boletim 060/2010 do Diário Oficial de 18/062010 e o nome da Nova Coordenadora é Meri Terezinha Melo Monzon. (já trabalhava na 35ª).
Professor Algeu Disconzi


Agradeço ao professor pela informação e, sem querer abusar da sorte, aproveito o ensejo e digo mais: só falta o Teixeirinha.

Poucas & Boas

Incrível! Nossa região é notícia negativa no Estado mais uma vez em virtude do roubo de armas e fardas, lá em Capão do Cipó.

Pela Santiago, ouvi o Jones dizer que a polícia espera que devolvam o material. Absurdo! Ora se alguém vai devolver... Só se o ladrão tivesse feito uma pegadinha e tenha jogado as armas e as fardas num pátio qualquer...

Hoje iniciou o inverno e já tivemos um dos dias mais frios dos últimos anos para a data, e vem mais gelo por aí. Eu sofro muito no inverno, principalmente pra levantar da cama.

Meu fim de semana foi em Cruz Alta onde fui rever amigos e minha família, minha mãe. Voltei com o coração partido: alegria e tristezas mesclam meu viver de forma muito intensa.

Minha mãe mais velha, fraca, vendo seus dias irem se acabando pouco a pouco. Está rodeada de filhos, mas ninguém consegue frear o que já nasceu com ela: a certeza de que a vida terá fim.

Voltei alegre pelos amigos que revivi, gente humilde, sincera, do tempo de solteiro... do tempo do trabalho na leitura de medidores de energia, serviço este que fazíamos para a antiga CEEE. Violão, cantoria e a saudade apunhalada.

Santiago ganha uma SAMU (ambulância), mas alto lá! Que nenhum deputado surja pra dizer que foi ele quem mandou. A inovação vem do governo federal, em parceria com Estado e municípios. Poucas cidades do porte de Saniago ficarão sem este veículo.

Armas roubadas

João, sempre tive a certeza que a comunidade é aliada dos policias, tanto é que muitos crimes no RS são solucionados com o auxílio das mais variadas informações que nos chegam.

Creio nisso, na "informação". Como nos outros fatos, continuamos a dizer que denunciem. Um crime assim não fica no sigilo absoluto, vai vazar. Mais cedo ou tarde alguém vai avisar quem furtou e onde estão essas armas.

Assim como te avisaram, talvez essa pessoa saiba mais, e isso também nos interessa. Se alguém souber mais, que te fale. Não interessa quem mande as informações, mas desde que saiba algo, informe a você ou a nós. Pra terminar, de forma alguma vamos baixar nossas cabeças: a Brigada é bem maior que isso tudo.

Cassal Brum (Policial militar)

Convém dizer ao brilhante policial, que apenas cumpro com o dever de dar publicidade a esse fato, sobre o qual, pouco sei. Espero que o caso, se for verdadeiro, que seja investigado, com punição aos culpados, pois sempre falei: quem arma os bandidos somos nós, cidadãos "armados", por meio de roubos etc. E agora, nem a polícia escapa dessa corrida desenfreada atrás de armas. Se isso for verdade: a que ponto chegamos...

Denúncia

Caro João Lemes

"Pertenço ao municipio de Capão do Cipó.
Gostaria de não me identificar, pois tenho medo com relação a minha segurança e da minha familia. Gostaria de relatar que no sábado, dia 19 de junho, houve um festa na casa do prefeito Froner, para comemorar a realização da Expocipó. Estava presente todo pessoal da organização, sindicato rural, comissão da feira, brigada militar e funcionários. O fato que ocorrera, fora furto das armas dos oficias da brigada militar de Santiago que estavam presentes no evento. Quebraram o vidro do carro da brigada e levaram as mesmas."

domingo, 20 de junho de 2010


Trânsito ruim,
motoristas acomodados

Está longe o dia em que o trânsito de Santiago será uma maravilha. Até lá, vamos destratando os motoristas relapsos e acomodados, imitando alguns comerciantes que brigam por causa do estacionamento. Outro dia alguém saiu no soco por causa de uma vaga e, agora, recebemos um reclame sobre os carros dos servidores da Vara Federal, na Benjamin Constant. Eles passam o dia no trabalho, o que é maravilhoso. Mas seus carros, que poderiam ficar mais longe desse trabalho, ficam ali na frente, não só da Vara, mas das demais empresas ao redor, atrapalhando a possível chegada de clientes.

Quem achar
primeiro é dono


Outro dia ouvi um comentário que dois empresários ali do centro, o Mauro Nicola e a dona Ilka Fank. Eles reservavam a vaga em frente às suas lojas para os clientes, deixando seus carros bem longe. Até que um dia notaram que essas vagas eram ocupadas por outros lojistas que ali deixavam seus carros até o anoitecer. Resultado, agora as ditas vagas são ocupadas pelos carros deles mesmo.

sábado, 19 de junho de 2010

Doença da alma


Depressão: dá pra
aprender com ela?

Muitos pensam que a depressão, o mal do século, é coisa recente. Mas a doença sempre existiu. A melancolia é um termo grego de 3 mil anos antes de Cristo. Na idade média ela virou problema religioso. Os deprimidos eram colocados na fogueira - vejam que atrocidade praticavam em nome de Deus - Só em 1950, com o surgimento dos antidepressivos é que ela passou a ser encarada como problema de saúde. Hoje esses remédios já são os mais vendidos, só perdendo pros analgésicos, anti-inflamatórios e anticoncepcionais. Conforme um recente estudo, a depressão já é a terceira causa de incapacidade no trabalho e, em duas décadas, será a doença mais comum do planeta, à frente até do câncer.

Mas o que tento dizer com essas revelações? Que é importante cada um conhecer bem a si próprio. Em certos casos, é preciso conviver com a tristeza, o baixo astral, até o mal ir embora, pois dizem alguns psiquiatras que ninguém consegue ser pleno o tempo inteiro e que dá pra tirar lições do período depressivo, como eu mesmo já tirei. Mas atenção: a tristeza é algo normal, a melancolia profunda e sem motivo, não é. Portanto, saiba identificar cada uma e nada de isolamento. A conversa com amigos e familiares, a causa comunitária e o acompanhamento médico poderão levar a pessoa a uma vida bem mais agradável.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

PT ou nozes?

Os caciques do PP não sabem o que fazer com o vereador Miguel Bianchini que, volta e meia, dá alguma declaração que deixa o partido em maus lençóis.


Se eles já estavam preocupados com as críticas que o "de ferro" fez para Yeda Crusius, o que dirão de seu apoio aberto ao candidato do PT, Tarso Genro? Há quem aposte que ele, Bianchini, esteja estudando mudar de ares. Mas ele nega e diz que quando sair da Câmara vai mesmo é plantar nozes.
Contra a OAB

"O exame da OAB é um caça-níquel", disse o vereador Diniz Cogo. Ele fez um desabafo, dizendo que é uma reserva de mercado e desqualifica o próprio diploma. Ele propôs que a Câmara faça uma movimentação contra a OAB.

Tirando a prova

Que a OAB é uma instituição privada que impõe regras para cursos federais ou comunitárias, é algo estranho. Taí o exemplo do Itacir Flores, que segue lutando contra e afirmando que não tem medo da OAB. Mas e da prova, tem?

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Olá, caro amigo João

Olha só como é a vida de político. Agora, o Berfran é o vice da Yeda. Estaremos todos juntos nessa eleição (PSDB PP e PPS) e, nós, todos juntos (RUIVO,VULMAR E KINHO), todos que concorreram na última municipal.
Kinho
Vergonhosa,
desleal e absurda!

Para que não usemos adjetivos mais fortes, é assim que podemos definir a prova da 1ª fase ocorrida no último domingo.

Ficou claro que o objetivo desta última prova, aplicada pelo Cespe, não foi medir o conhecimento dos candidatos, mas sim reprovar o maior número de candidatos possível. Resta entender o real motivo desse objetivo:

-seria pelo fato de não ser mais “interessante” ao Cespe continuar prestando seus serviços à OAB? ou

-seria por motivos políticos, como é ventilado nos bastidores? ou

-seria pelo fato da parceria estar totalmente desgastada após os incidentes que causaram a anulação do último exame? ou ainda

-seria pelo fato de não haver concordância entre o Cespe e a OAB na autorização de alunos de nono e décimo semestre em prestar o exame (o que aumentou absurdamente o faturamento para este concurso)?

Como sabem, somos o curso pioneiro em Exames de Ordem e estamos no mercado há mais de 15 anos no total (sendo 10 anos em Campinas), por isso, posso garantir: NUNCA UMA PROVA FOI TÃO ABSURDA E INJUSTA COM OS CANDIDATOS! Essa é a mesma opinião de nossos professores e de renomados juristas de nosso país, como pode ser verificado em inúmeros sites.

A OAB vem garantindo que após todas as modificações ocorridas no Exame de Ordem, através de inúmeras reuniões e provimentos publicados, a prova voltaria a ter a exigência de raciocínio jurídico, visando “estimular a criatividade do candidato” como o próprio coordenador nacional do exame de ordem, Dr. Dilson José Oliveira Lima, inscrito na OAB Sergipe, afirmou. Todavia, ao contrário do que afirmou o nobre coordenador, a prova apresentou temas absurdos e inadequados, pegadinhas, enunciados confusos e mal redigidos.

Tenho certeza de que muitos dos candidatos que prestaram o exame no último domingo teriam totais condições de serem aprovados na maioria de outros concursos públicos, todavia, após meses (em alguns casos anos) de estudo, atingiram “somente” 35, 40, 42 pontos...

O que a OAB vem fazendo com os candidatos é um verdadeiro absurdo! Se a OAB entende haver no resto do país, instituições de ensino que não reúnam condições para estarem abertas, este não é nosso problema e “reprovação em massa” não é a melhor maneira de chamar a atenção!

Contem sempre conosco, essa é a hora de juntarmos as forças para discutirmos o que vem ocorrendo.

Márcio Chaib

O ar tá pesado

Ainda em São Chico:

A Câmara teria pago R$ 2.139,54 para a empresa Zeca Construções. São materiais: fios, caixinhas e várias outras miudezas para instalação de ar condicionado. Houve dispensa de licitação e agora a comissão de licitação da câmara está fazendo consulta de preços junto as outras empresas para anexar ao processo.

O problema maior é que até agora não existe ar-condicionado comprado, mas o lugar onde ele deve ir está pronto, serviço feito e pago. Tomara que não tenha sido um amigo do presidente que tenha feito o serviço.

São Francisco:
Cemitério ganha muro

Após denúncia do Ministério Público e matérias publicadas pelo Expresso, finalmente a prefeitura está construindo muro em volta do cemitério. Com esta medida certamente a população que mora dentro e ao redor terá mais segurança. Coincidentemente, as obras iniciaram em frente a casa do vereador Jeremias Oliveira, que atualmente ocupa o lugar de Paulinho Salbego que se recupera de cirurgia.

Eleição na URI

O diretor recém-eleito (tomará posse em setembro) e o atual, Clóvis Brum.




Chico Gorski é o

novo diretor geral

Acabou a contagem dos votos e Francisco Assis Gorski é o novo diretor geral da URI - Santiago, eleito agora há pouco. E de ante mão já anuncio, ele e o atual diretor Clóvis Brum estarão no Expresso no Ar deste sábado, pela Central FM.

O desfecho

Os professores Padilha, Michele e Chico. A nova direção da URI.
Dos votos dos funcionários, Chico Gorski fez 55 contra 46 pró Ayda Bochi. Já nos votos dos professores, Chico fez 89 contra 86 de Ayda. No alunado, a média está sendo de 3 por 1 em favor de Ayda, mas como os alunos representam apenas 10% do valor total, isso não interferirá no resultado final.

Conforme me disse o colega Denílson Cortes, que cobriu a eleição, nos votos da comunidade residiu o grande x da questão. Dos 13 votantes, apenas 5 foram às urnas, resultando em 4x1 Chico. Como a comunidade representa 10%, Chico teve 8%, decidindo a eleição.

Para a reitoria a chapa de Spinelli e Rosane Vontobel venceu. Em Santiago a margem foi pequena, mas ganhou com mais folga nas demais (menos S. Ângelo) que compõem toda a região de abrangência da URI.

URI - Eleição

Professor Chico venceu
(flashes da eleição)


quarta-feira, 16 de junho de 2010

Jaguari


Eudo Guinchado

Que carro é este? É um carrão, não é mesmo? Sim, ele é do senhor Eudo Tâmbara, chefe do poder legislativo de Jaguari. Uma pena que nesta semana o nosso vereador terá que andar a pé por uns dias, pois seu carango acaba de ser guinchado pela lei. Motivo: não pagou o licenciamento. Mas isso acontece nas melhores famílias. Ninguém tá livre!

Expresso foi lembrado
para concorrer ao PGQP

Lendo no Expresso o anúncio sobre o PGQP - Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade - lembrei que o nome do nosso jornal foi lembrado pela comissão que atua nesse programa para ser um dos possíveis concorrentes ao prêmio. Queremos dizer a todos que só o fato de ser lembrado muito honra a “família ilustrada”.

Polga em Santiago:

Alguém queria vê-lo?

Outra quente: o Polga, lembram dele? Falo do Ânderson, nosso primeiro e último jogador que pegou a Seleção e foi à uma Copa, esteve em Santiago por uma semana. Ficou infurnado lá fora numa de suas fazendas e nem pisou na cidade, nem pra ver seus prédios que, dizem, estariam sendo construídos. Ele de fato, ama Santiago. E Santiago, ama ele também.

Expo sai-não-sai

Ainda sobre os eventos, o presidente do Sindicato Rural, Sandro Cardinal, disse que houve uma pesquisa para ver se a ExpoSantiago deve ou não sair. A aprovação foi de 70%. Mas alguém contou aos entrevistados que estão devendo os fios de cabelo, que o festival não tem CD? Se tivessem dito, a desaprovação é que seria de 70%.
Eventos repensados

Eu disse lá no Expresso no Ar e repito: os grandes eventos em Santiago devem ser repensados, melhor planejados para não deixar prejuízos. Tivemos uma Copa Santiago com prejuízo de 24 mil; da ExpoSantiago não se sabe resultado mesmo após vários meses, mas tudo indica que será negativo; o Festival crioulo, que aconteceu junto à feira, ainda não tem o seu disco e assim por diante.

Deu na imprensa

"Como era esperado, o presidente Luiz Ignácio Lula da Silva sancionou o aumento de 7,72% aos aposentados e pensionistas que ganham mais de um salário mínimo.

Claro, o reajuste é merecido a quem vive de um salário de fome e mal pode sobreviver sem ser aponsetado e continuar trabalhando. O que tem de ser analisado é toda "missa" que foi rezada em cima do assunto."

As boas do Simão

Meu leitor lá de São Chico, o Jairo Oliveira, me disse o seguinte:

Sei que é feio copiar, mas quando o assunto é bom, vale a pena, como estas pegadas de José Simão, colunista do Jornal do Comércio:

Estamos em ano de copa do mundo e lá na África a torcida é Bafana! Bafana! Se fosse em Brasília, seria Afana! Afana!

E o Brasil inteiro quer saber: o Dunga vai usar ferradura da Nike ou da Adidas? Olha, com o bicho que eles estão pagando, eu usava chuteira de prego com os pregos pra dentro.

E o Galvão, o Hexagerado? Nesta copa vamos ter que aguentar duas poluições sonoras: Galvão e vuvuzela.

E sábado foi o dia dos namorados! Bota a vuvuzela pra roncá! Uma amiga passou o dia dos namorados em coma. COMA-ME, pelo amor de Deus.

E sabe o que você faz pra namorada continuar gritando depois da transa? Limpa o pingolim na cortina.

As boas do Simão

Meu leitor lá de São Chico, o Jairo Oliveira, me disse o seguinte:

Sei que é feio copiar, mas quando o assunto é bom, vale a pena, como estas pegadas de José Simão, colunista do Jornal do Comércio:

Estamos em ano de copa do mundo e lá na África a torcida é Bafana! Bafana! Se fosse em Brasília, seria Afana! Afana!

E o Brasil inteiro quer saber: o Dunga vai usar ferradura da Nike ou da Adidas? Olha, com o bicho que eles estão pagando, eu usava chuteira de prego com os pregos pra dentro.

E o Galvão, o Hexagerado? Nesta copa vamos ter que aguentar duas poluições sonoras: Galvão e vuvuzela.

E sábado foi o dia dos namorados! Bota a vuvuzela pra roncá! Uma amiga passou o dia dos namorados em coma. COMA-ME, pelo amor de Deus.

E sabe o que você faz pra namorada continuar gritando depois da transa? Limpa o pingolim na cortina.

Buenas, Santiago

Caso ele ganhe, os bois pra festa estão na mão, digo, na invernada; caso ela ganhe, a festa será maior ainda devido ao reencontro das duas famílias.

No primeiro caso, a vaca ou boi podem não sairem devido ao fato do cara ser um mão-fechada, mas no segundo, o reencontro é inevitável, até porque a metade da família já está lá.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Deu na imprensa

Sempre que aparecem propostas que possam ajudar o cidadão, no quesito criminalidade, a mesma ladainha aparece: “temos de pensar nos direitos dos presos”, “a ressocialização vai ser prejudicada” ou “isso é uma vergonha para quem está sob pena”.

Do Rodrigo:

"Tu e o Márcio não têm fundamento mesmo. Eu tentando escapar do meu aniversário e vocês grudam no blogue! Recebi ligação até de amigos que não via há anos! Abraço e obrigado."
Rodrigo Vontobel.

Eleição na URI

Me lembrei agora de avisar: a eleição da URI será nesta quarta e o resultado sai na manhã de quinta, conforme me informou o diretor Clovis Brum.

A Copa parou Santiago

Não adianta insistir; a Seleção é sempre motivo para esquecermos do resto, mesmo que o time seja um pouco desconhecido da maioria, como é o meu caso. Santiago ficou assim durante o jogo Brasil 2 x 1 Coreia.

Já nas lojas, a pedida era ver o jogo sem esquecer dos clientes que ora poderiam chegar e até para não esfriar o trabalho. A festa, então, foi no local de trabalho, como foi o caso da equipe da loja Colombo.

Internet? Báh!

Eu adoro, acho lindo e maravilhoso quando dizem que a internet fará as vezes dos demais veículos de imprensa, até do rádio. É lindo, mas digo: vai demorar. Estamos aqui na redação tentando ver o Brasil pela Internet banda larga, mas tranca à toda hora. Então, não me venham com chorumelas... Inclusive acabo de perder o gol.

Viva o Riachuelo

Serginho (Rádio Santiago) e Luciano Vieira, presidente da Liga desportista
Eu, lógico que sou eu, e o Careca.

Estou muito feliz com a vitória do Riachuelo pelo municipal 7, de Veteranos. Não costumo me posicionar pra time B ou C, mas desta vez tinha um colega aqui do Expresso suando em campo, que é o meu amigo Gilberto Aguirre, o Careca.

Admiro muito o seu potencial e sei que fez a diferença na vitória, sendo goleador do campeonato. E eu fui quem entregou a sua medalha de goleador. Reparem na minha felicidade.

Parabéns ao Cantina que jogou um excelente futebol e, como eu disse pro amigo Batista, eles reagiram tarde demais. Notei que foi a técnica contra a força. No fim, a força e garra do Riachuelo falaram mais alto.

Parabenizo ao Quinha, ao Batista, ao Edinho, ao Maciel (Biro), ao Barreiro e a tantos outros do time do Cantina. Você são boleiros de marca maior, mas a força estava do outro lado. Sorte a nossa.

Parabéns Ao Luciano Vieira pela organização. No próximo torneio o Expresso vai dar ainda mais força a essa gente do esporte. Viva o esporte!

Ao Rodrigo


Vendo o blogue do Márcio, notei que ele me ganhou e homenageou o meu outro amigão, meu irmão camarada, o Rodrigo Vontobel Rodrigues, filho dos queridos amigos Rosane e José Eri. Eta família adorada essa. Sucesso e saúde ao Rodrigo e também à Rafaela, sua esposa, porque um homem sem mulher não vale nada, né, Rodrigo?


Bom, de ti eu não falo muito porque tu sabe tudo que representas pra mim e pra minha família. Feliz aniversário ao amigo, ao colaborador aqui do Expresso e ao meu advogado eh,eh,eh. Eu detono, os pepinos aparecem e, quando não é a drª Eloí Martins, é tu quem descasca. Só tenho a agradecer aos dois, hoje em especial, a ti.

Viva o Brasil, viva o Rúderson


Terça-feira, dia de torcer pelo Brasil, dia de adiar o dentista (alô, Lucas, alô, Irani Caetano: hoje eu não irei);


Amanhã será o aniversário do meu grande amigo Rúderson Mesquita. Desejo a ele toda a felicidade e sucesso no trabalho. Lógico, amigo Rúderson, estou sendo egoísta pois, ao de tesejar sucesso no trabalho, penso em mim, penso na família em se tratando do nosso hospital que você dirige. E como você também comanda a Tritícola, da qual dependem centenas de santiaguenses, que tenha muito sucesso nessa empresa também.


Falar no Rúderson é falar numa pessoa calma, quieta, um pouco tímida. Falar nele é falar em alguém compenetrado, focado no que faz, em alguém que segue algumas ideias do Exército Brasileiro, principalmente no quesito organização e pontualidade. Falar nele é lembrar dos líderes, é lembrar daqueles caras firmes em suas convicções. Falar no Rúderson é tudo isso e muito, mas muito mais. Parabéns pelo seu dia.

Chego na redação e o Denilson me pergunta: - será que saberemos o resultado da eleição da URI ainda na quinta? Lá o voto não é eletrônico - me lembra ele.

Digo: Tá aí algo que não foi perguntado ao Garaialdi naquele x da Questão, mas arrisco um palpite de que na quinta até ao meio-dia saberemos de tudo.

Poucas e boas

A Lizi apareceu na TV, dando a gotinha pra Nina. Mas que semanas dedicada aos bebês. Quantos nasceram...

O vereador Cardoso falou tanto em trânsito, que é preciso reunião com conselho disso e daquilo, mas não levo fé. Quantas e quantas vezes debateram, e só ficou nisso.


Que tal começar mudando as faixas que ficam nas esquinas, bem onde a gente para o carro para ver se podemos avançar?

Cardoso ainda disse que se nada resolve, o bom seria instalar mata-burro mesmo.

Corrigindo: a eleição na URI será quarta, não hoje, terça, como eu havia dito na postagem anterior. Peço desculpas.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Palavra dos vereadores

Ouvi a câmara nesta semana e notei que o Pelé fala descansado, e praticamente derruba as palavras da boca. Mas não é má vontade, é o jeitão do Pelé;

O Chicão deu aqueles peitaços dele e conseguiu os terrenos para mais um loteamento para servir ao povão, e que agora já está com as casas prontas, no bairro Monsenhor. Assim se pronunciou o vereador Bianchini;

As salas novas já estão gerando efeito na câmara, efeito de emprego, digamos assim. Nesta semana empregaram mais um. O Leco;

O vereador Marquinhos foi a Brasília se apresentar pro ex-patrão dele, o Zé Otávio Germano. Por lá espiou os projetos e descobriu que tem mais alguma verbinha pra Santiago e voltou faceiro;

Diniz Cogo está invocado com a prova da Ordem (OAB) que é caça-níquel. Bianchini apoiou e largou uma frase que poucos disseram até agora: o mercado regulariza quem tem competência.

O vereador-pastor só disse também e mais também. Disse uns 15, sem mentira nenhuma. Ah, "também" falou num tal de buraco...

O vereador Marquinhos Peixoto, nosso Peixotinho, tem razão ao dizer que a imprensa em nada contribui para a comunidade, claro, a imprensa não pode comprar voto, nem usar o poder econômico a exemplo dos políticos.

O Expresso só o que faz é gerar 50 empregos e levar cultura a milhares de casas. Gente que nunca leu nada, tem agora um raro veículo impresso entrando na suas casas, mas isso é pouco.


Bom seria se todas as denúncias de falcatruas contra os políticos que a imprensa fizesse, conseguissem evitar o triunfo de muitos ordinários que só sugam dinheiro do povo, como no famoso caso Detran.

E deve ser pela boa fase dos políticos que eles aparecem em últimos lugares na pesquisas de opinião, perdendo pra Igreja Católica e, lógico, pra imprensa.

Zero Hora x Expresso


Na última sexta deu pra notar que os jornais do interior não perdem muito para os de capital, um exemplo é esta capa de Zero Hora, escura, com pouca vida, logo no dia de abertura da Copa do Mundo. Já o Expresso recebeu dezenas de elogios pelo colorido da sua. Compare e dê seu voto.
O Rodrigo e as
eleições na URI

"Interessante analisar o andamento do tempo. Sempre fui e sempre serei um pensador. E pela cobrança de muitos, digo o que penso e o que vejo na eleição da URI, assim como vários já o fizeram, até por ter ajudado a construi-la, seja com trabalho ou sofrimento gratuito. Ninguém faz nada sozinho. Então, deixo claro que hoje observo inveja, ganância, ignorância, arrogância, incompetência e desespero no que está posto em todo esse processo eleitoral.

Democracia - Nada mais saudável que por a prova a democracia. As divergências sempre existiram e sempre existirão. Isso não é coisa nova, ninguém é perfeito e todos têm o direito de pensar diferente. Agora não venham querer dizer que se precisa impor a totalidade dos votos para governar, 51% já são suficientes. Esse é o jogo democrático. A maioria vence a minoria e, eleição se ganha e se perde. Amanhã teremos outra e assim sucessivamente.

O que não acho nada salutar é querer menosprezar e ofender a história com um discurso vazio de mudança ou propostas demagógicas com o tripé educacional legal voltando a um passado inexistente. O tempo passa...

Discórdia - Lembro bem de quando fora criada a URI, não existia essa discórdia. Ela não refletia praticamente nada em Santiago e região. Hoje é diferente. Consolida-se como um ícone regional de desenvolvimento, seja pelo ensino, pesquisa ou extensão ou ainda pela geração renda. Bonito isso, não é?

Dinastia - Então, não me venham dizer que a URI era ou é uma dinastia, pois ela nunca foi e nunca será, basta ler os estatutos e constatar que existem amplos espaços colegiados de discussão, vide o conselho de Campus. Além disso, não existe um dono da URI, ao contrário do que muita gente pensa. Para ser diretor, basta se candidatar e vencer a eleição com o apoio da maioria.

Conclusão: quando a criança é feia, ranhenta, cagada e mijada, ninguém quer ajudar, muito menos ser o pai dela. Bem, quando a criança completa maioridade e vira Dr., aparecem vários pais e centenas para adotar o jovem promissor."


Leia mais em:

WWW.rodrigovontobel.blogspot.com

domingo, 13 de junho de 2010

Domingo sem TV

Ao contrário da maioria dos brasileiros, fiquei em casa sem ver televisão. Ontem vi filmes, hoje à noite verei mais algum, mas tv mesmo não vi e não verei. Prefiro ouvir música a ficar preso na telinha.

A semana começa movimentada com as eleições na URI. Quarta será o grande dia. Quem vence? Isso é o que vamos ver. Mas seja quem for, o correto é falar noutra coisa já na primeira semana, sem ficar amargando tristezas ou pulando com alegria demasiada.

O Expresso no Ar ouviu Elton Doeler, do Centro Empresarial. Durante a semana farei algumas considerações, inclusive vou contar que o Bianchini abriu voto pro Tarso Genro, assunto também debatido no programa.

sábado, 12 de junho de 2010

A copa é nossa...
...é do Brasil

A Copa do Mundo, que inicia nesta sexta, é a única coisa que realmente me prende diante da TV, afora os documentários, notícias e algum filme muito bom. Caso contrário, nem os jogos do meu Inter conseguem me amarrar num sofá.

Fora o futebol, não gosto de jogo de espécie alguma, nem de corrida de fórmula um. Não acho graça. Prefiro uma boa prosa com amigos, um passeio, uma viagem, uma brincadeira com meus filhos e até uma cantoria.

Mas Copa, é copa. O Brasil, embora tenha uma seleção que não boto fé, é o Brasil. Embora eu também tenha vivido outras copas de muitas alegrias seguidas de uma decepção chamada Polga, vou ficar na torcida.

Neste ano, muitos dos jogos do Brasil serão em horário de expediente nas empresas, motivo pelo qual, aqui no Expresso, todos terão folga para torcer pelo nosso time.

E se a seleção passar às finais, alguns repórteres baterão nas casas dos assinantes para registrar os momentos de plena alegria, coisa que só mesmo uma Copa do Mundo pode trazer.

Propagandas na Copa

A Copa do Mundo é a admiro safra dos canais de televisão. Uma propaganda de 30 segundos no horário dos jogos do Brasil custa milhões de reais, fora a produção. Agora, vamos admitir: alguns comerciais são quase melhores que os jogos. Entre os que mais gosto estão os da Fiat - Novo Uno e o da Sky (com o Pelé e a Gisele Büdchen.)

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Elton Doeler na Central FM


O Expresso no Ar deste sábado trará uma entrevista com Elton Doeler, empresário que preside o CES - Centro Empresarial. Vamos debater vários assuntos, lógico, falaremos das feiras também. Se aprontem que vem chumbo grosso. E vocês sabem que o homem é direto. A partir das 10 horas, ligue-se na Central FM: 87.9. Expresso no Ar.

Hoje é sexta

Legal a brincadeira com um fundo de crítica aos que não preservam o meio ambiente. Só os cabeças mesmo para aceitar a crítica.

Aliás, uma professora do bairro Riachuelo cortou 3 ipês e ganhou uma multa de 900 reais. Vou descobrir de quem se trata e colocarei a foto das pobres árvores no jornal. Só assim, para freiar esta triste devassa.

Leiam no Expresso de hoje o que diz o Gildo Fortes sobre meio ambiente, leis etc. Leiam o que diz Pedro Peruffo, sobre a pesca do dourado e as nossas águas. Leiam! Não sou eu quem diz, são eles.

Pena que a África perdeu para o México. Sei que o Brasil torcia para os donos do país da Copa e pelo Parreira. O empate foi cedido, fazer o quê!

Em seguida teremos França e Uruguai. Vamos ver como se sai o nosso vizinho.

Olha o douradoooo...

video

Viu, se tivesse admitido o crime, nada disso teria acontecido eh,eh,eh


quinta-feira, 10 de junho de 2010


Voltando à cena

O atual conselheiro do Tribunal de Contas, o ex-deputado Marco Peixoto voltou à cena nesta semana. Ele visitou a governadora Yeda para agradecer pela atenção a ele, durante o tempo em que foi deputado (pelo voto também), especialmente pela dedicação a Santiago.

Peixoto acompanhou a comitiva santiaguense (prefeito Júlio Ruivo, secretários e vereadores) que foi à capital sacramentar a parceria pelo asfaltamento de algumas ruas de Santiago.

As últimas

Encerramos mais uma edição do Expresso, jornal que custou-nos muitas horas de sono. Mas enfim, tudo está a caminho das casas de vocês, queridos leitores.

Do fundo do meu coração agradeço ao santiaguense Marcelo Duarte, ao mesmo tempo em que reconheço a sua grande sensibilidade musical. Marcelo viu aqui no blogue que eu estava atrás de uma antiga canção do nosso folclore e me presenteou com ela.

No programa de Sábado, da Central FM, vocês ouvirão Cantiga de Rio e Remo. Quem lembra? Eu não lembrava da data e nem do festival que lançou ela para todo o estado. Pesquisem, se não souberem, sábado eu direi, isso graças, mais uma vez, ao Marcelo.

A semana será corrida com a Copa começando (O Brasil joga terça - 15:30) no mesmo dia em que teremos eleições na URI. Neste dia também aniversaria o meu amigo Rúderson Mesquita, grande empresário. Meu abraço eu já mando agora.

Ontem conversei com o nosso delegado Marcelo Arigony, chefe regional de polícia. O rapaz está otimista quanto ao combate à violência, acreditando que a segurança tem dado respostas à altura. “Só lamento pelos 80 mil que estão na minha conta em saldo negativo”, referindo-se ao assalto ao Pague Fácil.

Na semana que vem ele quer reunir empresários para uma boa conversa sobre prevenção. Segurança é algo que todos podemos fazer, como? Pela prevenção e denúncia.

Tarso Genro esteve em Santiago, admiro muito este cara. Pena que o Lula colocou a Dilma para ser candidata em vez dele. Conversei com amigos influentes daqui da cidade, os quais pensam assim também.

No Expresso

Eu mesmo crio e
eu mesmo mato

O corte de árvores à moda miguelão em Santiago é fruto de uma cultura ordinária, que só presta para detonar a natureza. Quando andava pela rua Neri Gomes Peixoto, bairro Riachuelo, vi uma família derrubando uma árvore a machadada no mais. Parei e perguntei se eles tinham licença. A resposta foi essa: “Não temos licença porque fomos nós mesmos que plantamos”. Sei que fui grosseiro e até peço desculpas, mas diante de tamanha idiotice não pude me aguentar e lasquei: “Nesse caso eu posso matar todos os meus filhos em ser punido. Fui mesmo quem os pôs no mundo”.

Ao Zelir e ao Jones

Em conversa com o médico Carlos Ourique, disse a ele que todos falamos em meio ambiente, mas poucos de nós agimos em seu favor. A começar pelos carros. Dificilmente andamos a pé. Foi aí que citei o professor Zelir Madalosso. É o único que vejo indo a pé pra escola. Ourique lembrou-me que também via o Jones Diniz de bicicleta. No final, acabamos concordando que ninguém anda mais a pé, já que o Jones e o Zelir são figuras vindas de outro planeta.

Bom dia, Santiago!

Pistas de corrida

Se em Santiago, há motoristas que adoram fazer das avenidas pistas de corridas, imagine quando tudo estiver asfaltado? O vereador Diniz Cogo comentou que na Bento Gonçalves, há muitos abusos.

Quedas de luz

O vereador Pedro Bassin (PSDB) é indignado com as constantes quedas de energia. Ele acha que a AES Sul não só deixa o trabalho a desejar, como parece querer prejudicar os clientes por gosto. "Fico achando que a empresa tem convênio com as lojas de eletrodomésticos. Só para queimarem e as pessoas comprarem", ironizou.

Tenteadores de voto

Vai começar a temporada de caça ao voto e Santiago já recebe candidatos a deputado estadual, federal e senadores. É legítimo o direito dos candidatos em buscar seu espaço, assim como é válido o questionamento dos eleitores. Afinal, tem muita gente que nunca se viu mais gorda que, num repente, chega tenteando o voto.

Buscando apoio

Ao que parece, a região terá apenas um candidato a deputado. Por enquanto, só o ex-prefeito de Santiago, Chicão, está percorrendo o Vale do Jaguari e outras regiões buscando apoio. Jorge Martins, Sandro Palma e outros só ameaçaram concorrer...