terça-feira, 31 de agosto de 2010

Expointer

Meus amigos e colaboradores do Expresso: Ruy Gessinger, sua esposa, o filho e seu grande capataz, o Luiz César.

É CAMPEÃ !!!! É …. CAMPEÃ !!!!!


Mais uma vez, a Pecuária Gessinger se deu bem na Expointer. Agora há pouco terminaram os julgamentos das FÊMEAS da raça ÎLE DE FRANCE. Após examinarem detidamente dezenas e dezenas de animais, vindos de todos os quadrantes, nossa Cabanha arrebatou o prêmio de

GRANDE CAMPEÃ ÎLE DE FRANCE DA EXPOINTER.

Demais prêmios:

* Campeã Ovelha
* Campeã Ovelha Prenha
* Campeã Borrega com Cria
* 3. e 4a. lugar Borrega 2 dentes.
Amanhã seguem os julgamentos dos machos Île de france.


Mulheres começam
a fumar mais cedo

Um estudo do Instituto Nacional de Câncer revelou que a proporção de jovens do sexo feminino que começa a fumar antes dos 15 anos é 22% maior do que a dos homens, em todas as regiões do país. Os resultados revelaram ainda que a geração de brasileiros a partir da década de 80, que hoje tem até 30 anos, começa a fumar aos 17 anos. Os jovens são os que menos procuram ajuda para deixar de fumar.


Segunda triste

Ontem não foi um dia muito legal para mim, pois fui a Cruz Alta enterrar mais uma pessoa querida, cumprindo com a lei da vida. A outra vez que estivera naquela cidade foi para o velório de minha querida mãe, agora, quem morreu foi o tio da Suzana, o Fidel, vítima de um câncer na garganta.

A doença maldita levou o cara à míngua, matou bem devagar. Até acho que morreu de fraqueza, numa parada respiratória qualquer, mas que, para ele, foi fulminante devido ao seu estado.

À tardinha fui ao cemitério (no interior da cidade) ajudar no preparo do túmulo (não havia coveiro por lá). Cheguei com meu mano e encontrei meu sogro (Mário) e outro tio já com a mão na massa. Meu maior serviço foi ajudar a erguer uma lápide (laje) ultrapesada sobre o local onde ficaria o caixão.

Naquele meio de tempo, refleti sobre a vida mais uma vez, e volto a dizer aos amigos fumantes: repensem, se esforcem, tentem... Caso não consigam largar o vício, diminuam a intensidade do fumo.

Digo isso não porque acredito em vida eterna e nem na saúde plena de quem não fuma, é só uma questão de evitarmos um mal do qual provamos por nossa própria vontade.

Comentário

Parabéns, J.Lemes e equipe, pela grande festa. Realmente "matou a pau".
ORGANIZAÇÃO IMPECÁVEL.
Quanto a minha gravata, é de admirar que ainda esteja pendurada no pescoço às 2h da madrugada depois de rir tanto com o show.
Obrigado por melhorar Santiago.
Abraço.

Vanderlei Machado.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Pra quebrar o barraco

Foto: Tati Quebra-Barraco.

Todos querem atuar na política e precisam de sua "ajudinha" com o precioso voto. Mas eles sabem o que é política, o que é trabalho? Avaliem bem pra depois não se queixarem, dizendo que esta eleição foi de "quebrar o barraco".

No Esporte:
Acelino Popó Freitas (PRB-BA)- O boxeador concorre a deputado estadual
Maguila (PTN-SP)- Ex-boxeador,quer ser deputado federal
Marcelinho Carioca (PSB-SP)- Ex-jogador, concorre a deputado federal
Romário (PSB-RJ)- Ex-jogador, busca uma vaga na Câmara Federal
Vampeta (PTB-SP) - Ex-jogador, concorre a deputado federal
Fabiano (PMDB-RS) - Ex-atacante do Inter, é candidato a deputado estadual
Danrlei (PTB-RS) - Ex-goleiro do Grêmio, concorre a deputado federal

Na Música:
Gaúcho da Fronteira (PTB-RS) - Músico concorre a deputado estadual
Kiko (DEM-SP) - Membro do grupo KLB, concorre a deputado federal
Leandro (DEM-SP) - Integrante do KLB, concorre a deputado estadual
Faltou o Bruno... aí poderiam até lançar um novo partido chamado KLB. O que mais tem nesse país é gente safada e partido político!!!

Netinho (PCdoB-SP) - Cantor do grupo Negritude, concorre a senador (Aquele que bateu na mulher, lembram?)
Reginaldo Rossi (PDT-PE) - Cantor, concorre a deputado estadual
Renner (PP-GO) - Integrante da dupla Rick&Renner, concorre ao Senado
Sérgio Reis (PR-MG) - Cantor e ator, concorre a deputado federal
Tati Quebra-Barraco (PTC-RJ) - Funkeira, concorre a deputada federal

Na Televisão:
Ronaldo Esper (PTC-SP) - O estilista quer ser deputado federal
Pedro Manso (PRB-RJ) - Humorista, disputa na vaga na Assembleia Legislativa
Dedé Santana (PSC-PR) - Humorista, quer ser deputado estadual
Tiririca (PR-SP) - Humorista, disputa uma vaga na Câmara Federal
Batoré (PP-SP) - Humorista, quer uma vaga na Câmara Federal

No Pomar:
Mulher Melão (PHS-RJ) - Cristina Célia Antunes Batista concorre a deputada federal
Mulher Pera (PTN-SP) - Suellen Aline Mendes Silva quer ser deputada federal

domingo, 29 de agosto de 2010

Melhores do Ano

O último sábado foi especial para as mais de 600 pessoas que prestigiaram a solenidade de entrega do troféu Os Melhores do Ano - 2010. E para quem pensava que iria festejar este importante título numa quadra, ali no GSSGS, viu foi um local totalmente transformado, requintado, radiante!

O jornal Expesso, a empresa Agência Oficial, a AES Sul e Felice Automóveis foram os protagonistas da 14ª edição da festa mais badalada da região; uns organizando, outros apoiando. Parabéns a todos os Melhores do Ano 2010. Vejam alguns momentos: Palco do evento, a passarela dos campeões.

Show de riso com Primeiro as Damas segurou o público até às 2 da manhã.

O mais famoso personagem da equipe, o Jorge da Borracharia, mudou-se para a vila Bonato.

O gaudério Fagundes, compositor e símblo sexual estava a mil, mais convencido do que nunca.

Suzana Lemes (centro) na hora da premiação

Eu, lógico, ao lado de Gelson Limana, Melhor Locutor FM, da Nova 99.

Um olhar parcial do ambiente
Fãs dos artisas para a tietagem final.
. Vanderlei Machado com os artistas. Não reparem a gravata do cara, pois já era tarde mesmo...
Fãs vieram de Santo Ângelo para ver os humoristas. Festa cada vez mais regional.
Os artistas de Primeiro as Damas, eu e meus filhos.

sábado, 28 de agosto de 2010

Melhores do Ano

Queridos amigos. Estamos todos indo à festa Os Melhores do Ano, no ginásio do GSSGS, local que virou um troço fenomenal, tudo para um evento que se confirma como uma das maiores festas do interior do RS. Saúde, aos Melhores do Ano.

Antes, porém, vou dar um forte abraço no seu Giba, pelo seu livro Cerne do Pampa. Sábado glorioso em Santiago.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Comunicado à região


Palavras de Chicão
(do seu blogue)

Estou postando esta mensagem para pedir ajuda aos meus amigos de Santiago. Estou tendo que correr a região e outras cidades um pouco mais afastadas para conseguir a votação que garanta a nossa representação na Assembléia Legislativa.

As notícias de fora são muito boas, cada vez mais o apoio é crescente em cidades como Dom Pedrito, Alegrete, São Sepé, Santa Maria, além de termos apoio expressivo na micro-região do Vale do Jaguari.

Confesso que esperava ter mais tempo disponível para visitar os amigos, conversar, contar o que estou fazendo e o que estamos conquistando, mas infelizmente ainda não consegui fazer isto da maneira como gostaria.

Por isso, peço a todos os meus amigos de verdade, que me ajudem em Santiago. Todos devem ter em mente que se não fizermos uma votação próxima ou maior que 20 mil votos, assumimos um risco de dependermos da boa vontade dos amigos que ainda não conhecem o nosso trabalho.

Ouvir falar é diferente de presenciar e fazer parte das conquistas que tivemos em Santiago, mas mesmo assim as pessoas têm nos dado crédito e isto alavanca a ótima votação que vamos fazer fora daqui.

Agora é a hora da força e unidade da nossa cidade prevalecer. Somos de Santiago, queremos o melhor para nossa cidade e região, precisamos fazer no mínimo 20 mil votos pro Chicão.

http://chicaogorski.blogspot.com/2010/08/aos-meus-amigos-de-santiago.html

Deu na imprensa

COPA DO BOBO - Ainda faltam quatro anos para a copa de 2014 no Rio e os orçamentos e cronogramas começam a aparecer. As especulações são iniciais e, portanto, como tudo no Brasil, os gastos serão muito maiores. Vocês podem ter certeza disso. E sabe de onde vai sair esse dinheiro? Sim, caro leitor, do teu, do meu, do nosso bolso. E ainda por cima você vai ter de pagar uma média de R$ 200 pelo ingresso mais barato.

Ao velho cerne


É com muito orgulho que vejo na capa do livro do nosso ícone da informação, o nome cunhado pelo nosso Expresso. GIBA. Seu Giba!

O livro "Cerne do Pampa- Memórias do Velho Giba" será lançado neste sábado, 28, às 17h, no Círculo Militar. Trata-se de uma autobiografia que conta a vida do comunicador Gibelino Minuzzi, mostrando sua trajetória civil, militar, política até chegar ao posto que o consagrou: de comunicador da rádio Iguaçu-FM. O livro custará R$ 10.

Leia um trecho- "Na manhã do dia 30 de novembro de 2008, ao levantar-me para apresentar meu último programa Sangue de Gaúcho, o qual religiosamente ia ao ar nos domingos há 13 anos, decidi levar meu sonho adiante. Naquele momento, minhas recordações tornaram-se vivas. Por mais remotas, começaram a surgir de forma nítida. Era como se visse o filme de minha vida passando. Então, escrevi um livro para compartilhar com meus amigos as minhas vivências...”

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Expressão Regional

Neste ano a festa Os Melhores do Ano entregará um prêmio especial. Trata-se do troféu Expressão Regional, um brinde aos que fizeram a acontecer pela nossa região. Quem serão eles? Na hora, todos saberão!

De Cuiabá!

Nosso amigo Clovis Fernando, diretor da URI, está em Cuiabá, na SOEAA - Semana Oficial das Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Segundo ele, é um evento maravilhoso onde estão sendo discutidos temas de suma importância para o nosso Brasil, especialmente no que diz respeito à educação e às novas tecnologias.

Leia, no Expresso


É brabo o troço! Não parei hoje, e graças ao bom Deus que meus amigos aqui também não pararam. Serviço e serviço, cujo resultado vocês verão amanhã, no Exxxxxxprrrrresso!!!!

Minha filhota, a Fernanda Lemes (foto) faz 16 anos hoje e ainda nem pude abraçá-la, tamanha foi a correria. Mas tudo bem, estamos de rédeas na mão, prontos para a festa de sábado;

A começar pelos presos, os quais agiam em Capão do Cipó. Os tais de "Tijolões". Fizeram e aconteceram, e todos diziam que a quadrilha era de fato dessa cidade, até que a casa caiu;

No Expresso teremos os nomes, as fotos e tudo direitinho como foi a operação coordenada pelo brilhante Arigony, pela brilhante Carla Almeida e sua equipe;

E nós, aqui, metendo trabalho para a 14ª edição de Os Melhores do Ano, evento que terá o famoso Tatata, humorista e apresentador da TV Com, Porto Alegre, com "Gente da Noite";

A RBS também estará fazendo seu trabalho de divulgação da maior festa social da região, claro, nossas queridas rádios Santiago, Nova 99 e Central FM, idem. Tudo registrado;

Assim é o Expresso


A força de uma cidade está em sua gente. Esta força também está na dedicação de seu povo, gente que tem esperança, alegria, fé no trabalho, fé na vida e no amor...

A força de um povo também está no jornal que escreve a sua história, que encurta caminhos, que registra emoções... A força do Expresso está na sua equipe talentosa, em seus colunistas e no seu povo.

Cada sexta-feira é um dia diferente, aguardado, festejado, especial... tudo porque o Expresso está chegando aos milhares de leitores. Já são 17 anos retratando a vida, retratando o homem e fazendo a história...

A fotografia diz tudo, a sátira faz a crítica audaciosa... Máquinas e homens unem tecnologia e talento para ilustrar as páginas do Expresso, e fazer dele um dos veículos mais respeitados do Rio Grande.

Deu na imprensa

"Nada acontece por acaso. Coincidência é uma falácia inventada pelos mais espertos para justificar as suas "espertezas". Estamos vivendo isso na pele aqui em Porto Alegre, com as emergências do SUS lotadas. Mais do que lotadas até. Além das poucas vagas, da época de mudanças de temperaturas, "coincidentemente", os médicos residentes resolvem fazer greve. Mas isso é apenas um acaso."

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Outras quentinhas

Mônica Leal e este que vos fala

O Sindicato Médico do RS pediu ao prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti, para que decrete a situação de calamidade pública devido a superlotação das emergências hospitalares. Na região da capital, vários hospitais suspenderam cirurgias pelo SUS que não são urgentes.


Um amigo me disse que, se ele fosse da equipe do Tarso, filmaria tudo e colocaria no horário eleitoral, mas aí, discordei: saúde também é obrigação do governo federal e, neste aspecto, a paulada seria no lombo do Lula, logo, no lombo do próprio Tarso.

Dia desses houve uma pequena rusga envolvendo um médico santiaguense e uma outra figura não menos notável. Mas foi coisa pouca, apenas uma troca de farpas que faz parte!

E hoje o Davi Nunes, da delegacia, falava em desavenças entre blogueiros. Que coisa!

Falando rixas e rusgas, lá em Livramento dois tucanos brigaram. Sabem por quê? Numa solenidade importante do PSDB, o locutor não citou a mulher de um partidário, que teria ajudado no evento.

O marmanjo esperou o cara numa tocaia e debruçou-lhe o mango, colocando o rapaz no hospital. Mas que idiotice, que covardia, que coisa animalesca. Espero que a Justiça comece a trancar o pé com estes machões.

Mônica Leal estará na nossa festa. Uma fonte especial ligada a ela me confirmou a presença. É mais uma celebridade a nos honrar com a sempre bela e simpática presença.

As de quarta


Édson Vargas e seus amigos

O dia está com cara de chuva, mas ainda muito abafado aqui em Santiago. Estamos na metade da nossa edição de sexta. O jornal terá umas bem boas, como sempre;

Hoje é Dia do Soldado. Altas festas militares em Santiago. Hoje também é o dia do Édson Vargas.

Estava lendo no Correio sobre os mineiros soterrados no Chile. Mais de 30 homens vivem à base de uma colher de atum (enlatado), um gole de leite e meio biscoito a cada 48 horas. E podem ficar de 3 a 4 meses nesta situação. É de arrepiar;

BR 116 de Porto Alegre a Novo Hamburgo será a primeira do estado a ser totalmente monitorada por câmeras. Neste trecho acontecem mais de 30% dos acidentes, fora os outros problemas de falta de segurança;

Hoje o meu grande amigo Édson Vargas, cantor e compositor nativista está de aniversário. Um cara cento por cento, como poucos que conheço. Sabe valorizar suas amizades, é íntegro, camarada e um pouco xucro para algumas coisas da modernidade.
O Édson é um grande alegretense, grande figura! Um abraço a ele, extensivo a toda a família, especialmente ao pequeno João, meu xará.

Você conhece o Jorge?

Se não conhece, certamente não terá dificuldade para saber quem ele é. Afinal, milhões de pessoas já o conhecem. Ele é um borracheiro tão famoso que seu estabelecimento virou ponto de referência. Porto Alegre, por exemplo, fica a 40 km da borracharia do Jorge, um dos mais famosos personagens do espetáculo "Primeiro as Damas". O Jorge é uma pessoa romântica, que gosta de dormir de conchinha e que se entrega em seus relacionamentos. Quer saber mais? Reserve o seu ingresso.


Jornais seguem em alta

Os principais candidatos à presidência da República, Dilma Rousseff e José Serra participaram do 8º Congresso Brasileiro de Imprensa e assinaram uma carta que rejeita restrições à liberdade de expressão.

Conforme o sociólogo Demétrio Magnoli, os jornais mantêm a sua credibilidade, superando os meios virtuais. "O jornal custa dinheiro e, por isso, a opinião pública não valoriza sites e blogs, que têm um custo baixo", argumentou.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Mônica Leal

Acho que cantei vitória antes do tempo. Talvez a Mônica Leal não possa ficar na festa do Expresso, haja vista que tem compromissos na Expointer, evento que muitas vezes ajudou, como secretária da Cultura.

É uma pena, pois daria ainda mais brilho ao nosso megaevento. Bem, o felizardo é de fato o tio Giba, que lança livro no mesmo dia. Ela vem só pra dar um abraço (leal) nele! Legal!

As últimas

CORREÇÃO - Um leitor questiona a nova lei, na qual eu disse que o “pai!” era proibido e dar as palmadas. Claro que foi uma força de expressão, e que em vez de “pai”, leia-se “pais”.

Há pouco li no Correio do Povo que uns 14 foram presos na região de Passo Fundo por crimes ambientais, caçadas, queimadas... Apreenderam armas, animais e agrotóxicos falsificados.


Melhores do Ano

Soube pelo blogue do Rafael que a Mônica tá querendo dar os costados na nossa festa de sábado. Ela está muito certa em vir. Eu, no lugar dela, já teria reservado o meu lugar. "Ayd ela" se não vir! A ex-secretária de Cultura é figura ímpar e só vai trazer brilho ao evento.

Giba - Mônica Leal, que é leal com o seu Gibelino, virá para o lançamento do seu livro: Cerne do Pampa, que será no mesmo dia da grande festa;

Outras figuras

A dona Ayda já confirmou a sua presença. Ela é outra grande figura. Outras figuraças estaduais também estarão no evento, dentre os quais, até um secretário da governadora Yeda.

Note-se, aí, que a festa é de fato o maior evento social da região, a única em que os convidados são buscados em casa, e com carro zero.

Enquete do Expresso

Uma lei proíbe o pai de dar palmadas:

( ) Concordo, isso não é jeito de educar; 16 votos: 18.4%
( ) Uma palmada não vai fazer mal algum, e até vai educá-los melhor. 71 votos: 81.6%

Show de humor


Sábado será o grande dia. O dia dos Melhores do Ano! Vamos conhecer o Jorge da Borracharia, o seu Cucar, o Claudiovaldo Nogueira, o Gaudério Fagundes e tantos outros personagens do grupo de atores Primeiro as Damas. Quem ainda não pegou seu ingresso, que corra ali na Deltasul ou aqui no Expresso.

As quentes


Este "veinho" passou na prova da OAB. E aí, meu compadre Itacir? Será que foi fraude eh,eh,eh?;
As lojas Obino fecharam. Sabem por quê? Pela falta de seguimento nas famílias. O grande empresário fundador do grupo faleceu e o resto padeceu;
Há comentários de que Chicão não passa dos 20 mil votos em Santiago, isto levando em conta o número de candidatos de fora que papam eleitores daqui;
Mas cá pra nós: de 15 a 20 mil já seria uma monstruosa votação. Não seria?

Trânsito


Vendo que o vereador Bianchini destacou o trânsito da minha velha Cruz Alta, me veio à mente um "achismo". Não é só querer sentar a ripa nas coisas nossas, mas Santiago há horas vem se apresentando mais organizada no trânsito.

Falta estacionamento? Falta! Falta educação por parte de alguns? Falta. E faltam mais coisas, mas isso é a exceção, não a regra.

Então, aqui vai um voto de confiança aos nossos motoristas. Todos os dias saio de carro ou a pé e noto que os veículos rodam de vagar, sem atropelos... Claro, vez por outra alguma moto rouba o silêncio com as descargas gritonas, ma isso é outro papo.

Paulo Ferreira

Falei no Diabo...

Olha, minha gente, o Júlio Garcia é um baita cara, por isso confio nele e publico esse "artiguinho" que me mandou, em defesa do candidato Paulo Ferreira. Quem quiser, e tiver tempo, que leia:

Carta apócrifa:

uma covardia
que deve ser punida

A reportagem da Folha de São Paulo de domingo, 15/08, na qual sou exposto levianamente, é peça exemplar de certo jornalismo afeito ao convívio com grampeadores, ex-policiais da ditadura militar e bisbilhoteiros profissionais. Por meio de exploração de uma carta anônima, cuja divulgação, por si só, contraria a reiterada jurisprudência do Supremo Tribunal Federal no que tange à utilização de provas ilícitas pelos veículos de comunicação, o jornal e o jornalista praticaram ilícito normatizados pela Legislação Brasileira.

A reportagem não seria publicada em um órgão de informação que procura preservar seu bem maior, qual seja: a credibilidade. Mesmo tendo sido alertado, através de notificação extrajudicial que a publicação de carta anônima que atribui à minha pessoa fatos caluniantes, difamatórios e injuriantes, sem qualquer tipo de comprovação, com absoluto vício de origem, é atitude inaceitável de um veículo de imprensa sério.

Ainda, agravante ao já exposto, o golpe baixo constituiu em transformar a carta anônima em “dossiê”, aproveitando-se da covardia do autor da carta, reconhecidamente apócrifa, inclusive por demais órgãos de imprensa, a exemplo da reportagem realizada pelo jornal Zero Hora do dia 16/08, página 13, que tratou a matéria como deveria. Tal atitude da Folha de São Paulo e do jornalista que redigiu a matéria é de uma má intenção evidente, haja vista que um “dossiê” é caracterizado por um documento formal dotado de fatos e comprovações desses, bem como deve ter autoria.

O resultado deste trabalho jornalístico, engordado com gráficos e fotos para dar mais corpo e importância ao assunto, contando, neste caso, com a cumplicidade do editor responsável, é, repito, prática de certo tipo de jornalismo afeito às sombras. Tanto é assim, que o texto publicado sequer garante a existência real do autor da carta anônima – “um suposto petista fundador do PT” .

Não é menor também, a questão de que minha candidatura estaria realizando “gastos excessivos”, situação fática totalmente mentirosa, uma vez que o limite de gastos eleitorais estipulados pelo Partido dos Trabalhadores/RS para o cargo de deputado federal nestas eleições é de R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) e o valor declarado na primeira prestação foi de R$ 382.000,00 (trezentos e oitenta e dois mil reais).

É preciso apontar, ainda, que a intenção central da reportagem não é apenas atingir minha candidatura, mas também o PT e todos os seus demais candidatos, com a tentativa de criar um estigma que difame o Partido dos Trabalhadores, seus dirigentes e, por extensão, o Governo do Presidente Lula e a candidata a Presidenta da República, Dilma Rousseff, e também o candidato ao Governo do Estado, Tarso Genro.

O processo de tentativa de convencimento da reportagem é capcioso, pois tenta sustentar as “supostas” acusações contra minha pessoa no âmbito de minha vida pública e privada com referências do tipo “sucessor do ex-tesoureiro Delúbio Soares nas finanças do PT” ou “aliado do ex-deputado José Dirceu (SP)”, ou ainda, que assumi a diretoria de Finanças do PT, “após a queda de Delúbio no esquema do mensalão”. Mais ainda: escolhem para ilustrar a reportagem uma foto na qual apareço de grossos óculos escuros, com a intenção de me aproximar fisicamente a chefões de máfias ou coisa do gênero. Isto tem nome: maledicência, prejulgamento, parcialidade.

Se houvesse um mínimo de isenção na reportagem, além de transformar uma carta anônima em “dossiê”, por que o jornal não acrescentou os números de recuperação financeira do partido, obtidos com quatro anos de muito trabalho enquanto estive à frente da Secretaria das Finanças, com as contas partidárias devidamente prestadas ao TSE? Por que não explica aos seus leitores que, ao contrário da suspeita levianamente levantada pela reportagem, que todas as contas, de todas as campanhas e de todos os partidos, têm prestação parcial? Por que liga a covarde carta anônima, transformada pela reportagem em “suposto dossiê”, a outras duas denúncias de “supostos dossiês” – uma já esquecida, por ser infundada, e outra que ainda se encontra em investigação ?

Estas e outras indagações são questões que não podem passar “in albis”, assim como para minha candidatura não passará sem a devida atenção a busca incansável pelo autor desta carta infame, escrita por alguém com absoluta ausência de caráter e, sobretudo, criminoso. Estamos, eu e meus companheiros, imbuídos diuturnamente na busca deste ou destes autores que responderão em todas as esferas judiciais e na esfera partidária pelos atos inconsequentes que cometeram.

Paulo Ferreira 1351 Deputado Federal - PT/RS

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Ferro no Ferreira


O mais endinheirado candidato a deputado pelo PT aqui no Estado chama-se Paulo Ferreira, e é santiaguense. Ele declarou ter arrecadado a bagatela de 382 mil para gastar na campanha;

O problema é que na semana passada um grupo do próprio partido denunciou ele às autoridades por ter sido beneficiado com jatinhos da empresa Grendene, e que este gasto não seria declarado.

O candidato rebate. Disse que aluga os jatos das empresas e que tudo será declarado sim senhor.

Artigo do dia

“Meu nome
não tem acento”

É comum ouvir a frase “No meu não vai acento”, quando ditam os nomes, mesmo que sejam Vânia, Mário, Fábio, Antônio, Angélica, Ânderson, Ângela, Fabrício, ... Pela nossa escrita, todos são acentuados, mas seus donos não pensam assim. E por quê? A explicação é lógica: em nome não se mexe.

O Expresso costuma acentuar os que a grafia determina, mas a pergunta é por que esses nomes perderam o acento? Uma das explicações seria pela desatenção dos escrivães ao preencher o registro. E temos casos talvez mais estranhos. O deputado Cláudio Diaz. Quem duvida que seu sobrenome não era pra ser “Dias”?

Talvez por erro também se veja famílias do mesmo sobrenome mas com grafias diferentes: É Minussi e Minuzzi; Viero e Vieiro; Correia e Correa; Bertasso e Bertazzo; Lemos e Lemes, Ourique e Ouriques; Limana e Lamana...


Mas há outros erros mais grosseiros. Um bossoroquense, por exemplo, se chama “Gorge”, é que o registrador pensou que “Jorge” era com “G”. Tantos erros nos registros acabam fazendo a pessoa viver com vergonha do nome ou simplesmente dizendo: “Meu nome não tem acento!”

Tiro no pé


O calor está adorável! Inda há pouco fui ligar o ar-condicionado da redação e acabei colocando no quente. Lógico, depois daquele friozão, o parelho ficou programado assim. Quem diria...

Espero que o frio com menos de 10 graus fique bem longe de Santiago até o ano que vem. E, como promessa que automefiz, não vou reclamar do calor;

Vocês viram que o Serra agora quer sair abraçado em Lula no seu programa político na TV? O tucano quer mostrar que ambos lutaram contra os"desmandos" da ditadura etc e tal. E a Dilma, loca de ciúme, tenta barrar essa propaganda. Ela teme que isso engane, confunda o eleitor;

Até gente do lado do Serra também não gostou da ideia, mas fazer o que, se o cara vem caindo nas pesquisas sem parar. Parece que desta vez ele quer dar um tiro certeiro e não no pé como andaram dando.

domingo, 22 de agosto de 2010

Bom dia, região!

Nova semana, novos trabalhos. Por sinal uma semana muito corrida novamente, com preparativos para Os Melhores do Ano a mil. Semana derradeira também para comprar ingressos para o grande show Primeiro as Damas;

A semana começa mais triste pela perda do Jorjão, o popular gandula lá do Cruzeiro. O nosso "só vai, só vai". Ele faleceu de morte natural, conforme informou o site do vereador Bianchini.

Sábado me diverti com amigos. Até me dividi entre dois grupos. A primeira parte da noite foi na casa do Vanderlei Machado, grande anfitrião. O cara é bacana mesmo, pena que o tempo passou tão rápido;

Mais tarde fui festejar com um grupo de acadêmicos de Psicologia, turma colega da minha amiga Nilta Menna Barreto. Que gente legal! Por lá ainda conversei com o Guilherme Bonotto, pois ele é marido de uma das acadêmicas;

Domingo não saí de casa. Fiquei tipo gato em tapera, uma vez que a Suzana foi ao chá das mulheres, um evento beneficente. Vi uns filmes e estudei;

E por falar em filme, agradeço pelo que recebi emprestado do Vanderlei. Baita filme. Adorei aquela do prego. Que loucura! Vamos dizer que o diretor brincou... O filme bem que poderia acabar sem essa...

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Expresso no Ar


Mulheres de fibra

Neste sábado, o Expresso no Ar da Central FM traz aos microfones duas mulheres muito atuantes em Santiago. A delegada Carla Almeida (foto) e a médica psiquiatra Karine Peixoto. Assuntos diversos em debate, dentre os quais: violência doméstica, criminalidade, comportamento... Não perca, das 10 ao meio dia, pela 87.9

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

O Expresso tá rodando

Este é o Jorge, o
Jorge da Borracharia

Logo, logo o jornal mais antigo da região estará nas bancas, nas casas, nas ruas... por tudo. E no sábado pela manhã estaremos lá na Central FM debatendo a semana, as notícias que marcaram mais uma fase pela região;

Na edição de amanhã teremos alguns destaques, como: "Justiça manda a prefeitura pagar 300 mil de indenização à família que perdeu o patriarca num acidente de trânsito".

Quem o matou? O caminhão da referida prefeitura. Onde fica esta prefeitura? Calma, o Expresso trará em detalhes;

Inter, Inter, viva o campeão da América. O bicampeão da América! E não é que a turma da pesada baixou o cacete ali no calçadão na última madrugada? Sim, a "lei do Borge" pegou pra valer contra os borrachinhos colorados que pensaram estar numa arena;

Também no Expresso, o retorno de Oracy Dornelles, desta vez com seu quadro "Crônica Absurda e Cega";

Tudo sobre a festa Os Melhores do Ano e um cupom de desconto de 10 reais para quem comprar ingresso só para ver o show de humor recordista do Rio Grande: Primeiro as Damas, com o Jorge da Borracharia e muitos outros.
E mais: as charges, as brincadeiras, as críticas políticas, as ocorrências policias, o esporte...

Divirta-se com as tiradas do Araponga, Miguelito, Barbela e Sadi Machado;
E divirta-se também, quer dizer, chore, com os gastos das câmaras da região em viagens e cursos. E o povo, óh! Vai levando, levando...

O campeão do Grito


Aí está o excelente cantor Jean e sua namorada, a cantora Analise Severo, de visual renovado.

A milonga "Namorado das Rimas", de Ramires Monteiro, defendida por Jean Kirchoff venceu a 21ª edição do Grito do Nativismo, em Jaguari. O cantor ainda levou o prêmio de melhor intérprete.

Inter, campeão


Recebi esta mensagem do amigo Jairo, gremista lá de São Chico:


"A comemoração dos colorados foi em frente à Câmara de Vereadores, um lugar onde muitos estão acostumados a fazer festa mesmo. Parabéns pela conquista! Agora estão quase iguais a nós!"

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Inter, Campeão da América

Inter de Milão, vai ter pra ti também.
- Inter 3x2 Chivas (México).

Artigo do dia

Para ser feliz,
depende da lei

O país já tem um excesso de leis. É lei para tudo e para todos. E a cada dia os políticos votam novas leis, como a lei da palmada e a mais recente: a lei da felicidade. Trata-se de um conjunto de medidas que vai reforçar a obrigação dos estados para que garantam acesso à moradia, à saúde, à educação, à segurança... Assim, cada cidadão que estiver com uma boa estrutura de vida, poderá buscar a sua felicidade de um modo mais fácil, entendem os congressistas.

É só proibir e pronto

Alguns cidadãos acreditam que essa lei já exista, pois o direito à segurança, à saúde, à educação, à moradia já existe. "Se fosse fácil resolver as coisas com leis, iríamos fazer mais umas, por exemplo: é proibido passar fome, é proibido roubar na política, é proibido estuprar, é proibido sentir frio...", disse um leitor.

Indignada
com o Bianchini

Sou mãe de um aluno da escola Geraldina Borges e estou indignada com o vereador Bianchini, morador do bairro Riachuelo. Ao ver um protesto em frente da minha casa, feito pelos colegas de meu filho, fotografou e colocou em seu blog. O protesto era pedindo seu retorno às aulas, pois ele faltou apenas dois dias. O vereador errou, divulgando que desde o fim das férias a criança não ia à escola. Como que um vereador que se diz “bombeiro de Ferro” escreve o que quer, sem ao menos perguntar o motivo da falta? Venho através do jornal Expresso, esclarecer os fatos, sendo que o menino já retornou aos estudos.
(Vivian)
Obs.: Omito o nome da mãe para proteger a identidade do menino.

Agora digo eu - Sei muito bem qual foi a intenção do vereador. Ele quis mostrar o quanto o aluninho era querido na escola, daí o pedido em grupo para que ele voltasse. Infelizmente, caro Bianchini, na comunicação existem duas, três interpretações. Agora, pode ser que me dê razão quando muitas vezes foi criticado por nós. Não era por mal, apenas atendíamos a um dever.

Descomplicando

Ao analisar o primeiro caso concreto de um "ficha suja", o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reafirmou que a lei da Ficha Limpa deve ser aplicada nas eleições deste ano.

E o vereador aquele que gosta de abrir rádio pirata, como está? Fecharam as duas dele em duas pequenas cidades. Depois, ainda diz que tem que apoiar os da terra, mas ele, o esperto, sai da sua terra e vai cantar de galo na noutra;

Há pouco ouvi a Yeda na TV. Ela fala muito em "déficit zero", mas o povão não sabe o que é isso. Por isso eu digo que cada político deveria fazer aula de como se dirigir ao povo. O Lula fez, aliás, ele veio do povão e sabe muito bem falar para este povão.

Dia desses ouvi a expressão "O nosso déficit habitacional". Ora, meus senhores. O bonito não é falar bonito, o bonito é ser entendido. Logo, o bonito é ser simples. Ficaria melhor: "A falta de moradia", "O governo vai ver quantas casas ainda faltam" e assim por diante.

No caso da governadora Yeda, ficaria melhor: "Acabei com as dívidas". O estado está com "Dívidas zero", "Não devemos nada".

Claro, ela quis dizer que "déficit zero" é o Estado não gastando mais do que arrecada, coisa assim. Mas igual, precisa de uma explicação simples para que ela seja de fato entendida por seus eleitores mais simples, menos letrados, que são a maioria do povo gaúcho.

Mas é como dizem alguns comunicadores: "Para que simplificar se podemos complicar?"

Poucas e boas

Jogo uma rapadura que esta pequena rusga entre o Bianchini e o Prates teve o dedinho do Peixotinho, o qual quer por quer a presidência da Câmara e não tem o apoio do Bianchini;

Conheço bem o Júlio e sei que adora uma boa briga, uma polêmica. Não posso falar muito, pois também gosto;

Falando nisso, os Peixoto perderam um pouco o poder de mando no partido com a saída do ex-deputado Peixoto, com a saída do Fridico da prefeitura (e todos soubemos por que foi) e, se tudo correr bem, perderão mais força com a desistência do Peixotinho da Câmara;

E como ele ia dizendo, o que a imprensa faz pelo povo? Esta eu respondo com outra pergunta: o que ele já fez como vereador? Mas ainda restam alguns pares de meses, certamente ainda vai fazer.

Artigo do dia

Horário corrido,
é pra ser corrido

A crítica sobre órgãos públicos que fazem horário corrido com pausa para o almoço me fez lembrar de uma atitude do prefeito Júlio Ruivo. Quando a prefeitura de Santiago ainda mantinha esse horário absurdo, o prefeito soube que alguns funcionários almoçavam tranquilamente num restaurante. Após a refeição, chamou os secretários e ordenou que ninguém fosse almoçar durante o expediente reduzido, e ele foi o primeiro a dar exemplo, tocando direto.

Horário maluco

Particularmente sou contra a essa redução de horário nos órgãos públicos. Já bastam os bancos atendendo só das 10 às 15 horas. Como é que um cidadão do interior vai conseguir resolver todos os seus problemas com a prefeitura ou câmara fechando às 14 horas? Se todo o resto do comércio só fecha ás 18? E o pretexto da economia não vale mais, a não ser que seja para economizar no trabalho só para poder gastar mais nas diárias de viagens, como bem notamos em jornais de todo o Estado e até no Fantástico da rede Globo.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Utilidade pública

Aposentados receberão a
metade do 13° em agosto

A metade do 13º dos aposentados e pensionistas será antecipada na folha de agosto e será depositado entre os cinco últimos dias úteis do mês e os cinco primeiros dias úteis de setembro. Só não tem direito ao 13º quem recebe os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.

Obs.: Para quem passou a receber o benefício depois de janeiro, o valor será calculado de forma proporcional. Os segurados que estão recebendo o auxílio-doença terão uma parcela menor.

São Chico é notícia


O torra-torra das diárias expõe
São Francisco para todo o RS

As denúncias sobre as vergonheiras das câmaras de vereadores com os gastos malucos em diárias, viagens que só favorecem ao turismo e à gastança pública desordenada, acabou fortalecendo a ação do promotor Barbará em São Francisco. Num pacotinho com dezenas de páginas o promotor pede a devolução do dinheiro mal aplicado nessas viagens. O Expresso já havia denunciado que só em quatro anos os nobres representantes torraram 305 mil (de 2005 a 2008).

Santiago gastou 0,22 por habitante
São Francisco, 3,85 por habitante

E nesta semana o jornal Zero Hora confirmou que a Câmara de São Francisco está entre as que mais gastaram. Num rápido comparativo com Santiago, que tem 50 mil habitantes, São Francisco, que tem 20 mil habitantes, se vê que gastou muito mais: cerca de 3,85 por morador, sendo que Santiago gastou apenas 0,22 por morador. Se todo esse dinheiro gasto em cursos e palestras resultassem em melhorias para a cidade, a Terra do Bugio já teria deixado Santiago para trás.

As últimas

Começou o horário eleitoral e o velho filme segue passando. Nada de novo, só as velhas frases: "você me conhece", "conto contigo"...

Ao ouvir tantos "conto contigo", lembrei que no santinho do Chicão está escrito: "Pode contar comigo". É, são coisas da política...

Adorei ouvir o candidato Henrique Fontana. Ouçam também e me digam se a voz dele não é igual à do Batistinha. Claro que é.

Estou indo pro trabalho e às 14h30min tenho fisioterapia de novo.

Semana derradeira para os Melhores do Ano com o maior show dos últimos tempos. Primeiro as Damas, com muita gargalhada. Reserve seu ingresso no Expresso.

Artigo do dia


Bolsa família:

Mecanismo contra a pobreza
ou esmola aos preguiçosos?

A pesquisadora francesa Esther Duflo comprovou que muitos pobres precisam de uma força extra até para buscar aquilo que vai salvar sua própria vida. A jovem economista foi destaque na revista Época por estar entre as 100 mulheres mais inteligentes do mundo. E foi dela a façanha de fazer com que um número recorde de indianas vacinassem seus filhos, às quais o governo doou apenas um quilo de lentilha.


Ela ainda inventou uma técnica para que os tuberculosos paquistaneses tomassem o remédio em dia. Cada doente deveria urinar num papel absorvente, o qual comprovaria o uso correto do medicamento. Mais tarde, o papel poderia ser trocado por créditos de celulares. O resultado já revela-se como outro possível acerto à francesa.

É neste contesto que a francesa Esther Duflo inclui o Brasil e 12 milhões de famílias que ganham o bolsa-família, “prêmio” a quem é pobre, mas que mantém crianças na escola e a cartela de vacina em dia. Ela virá ao Brasil e, distante dos caprichos políticos, fará sua pesquisa sobre a eficácia do benefício.


Enfim, poderemos saber quem tem razão: os que elogiam o bolsa-família como mecanismo de combate à pobreza, às doenças e ao analfabetismo; ou os que colocam esse auxílio do governo no lixo, dizendo que ele só ajuda os preguiçosos e acomodados.


Enquanto esse dia não chega, analisemos as outras pesquisas e trabalhos dessa francesinha no texto acima e tiremos nossa própria conclusão.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

A lição do Neco e da Zeti


Minha segunda-feira foi corrida. Entre uma pauta e outra aproveitava para me ligar nos fatos mais recentes e ainda tinha que achar tempo para ir à sessão de fisioterapia, ali na clínica da Gladis Ferraz. Por sinal, ela assuntou comigo sobre o Nequinho, mostrando-se feliz pela sua recuperação. "O Nélson Abreu é uma pessoa muito boa, muito pura, precisa se recuperar".

O que me chama a atenção nesse problema do Neco, fora a sua estupenda recuperação, é a dedicação da esposa Zeti. E digo sem medo: nós, homens, não temos a coragem de muitas mulheres que ficam com seus maridos doentes, até inválidos e seguem ali, de pé firme ao lado deles. Zeti é uma dessas honrosas mulheres.

Parabéns também ao PDT de Santiago pela organização para essa homenagem ao Nequinho. Muitos foram lá abraçá-lo. Ele virou o centro das atenções durante o fim de semana em Santiago. Lá na central FM tivemos outro bate-papo, cujo resumo sairá no Expresso de sexta.

E ainda me cabe dizer aqui, embora o espaço seja pequeno pra tanta emoção: são nesses momentos, por essa lição dada pelo Neco e pela Zeti, é que vemos que não somos nada, absolutamente nada nesta vida. Por qualquer coisa viramos criança de novo e ficamos na dependência dos outros para tudo. O ser humano, principalmente o homem, é muito vil, frágil, vulnerável...

O Filme que todos
temos que assistir!

(esta mensagem me foi passada pelo delegado Marcelo Arigony:)


Uma das maiores empresas de marketing do mundo, resolveu passar uma mensagem para todos, através de um vídeo criado pela TAC (Transport Accident Commission) e que teve um efeito drástico na Inglaterra.

Depois desta mensagem, 40% da população deixou de usar drogas e se alcoolizar pelo menos nas datas comemorativas. Espero que todos assistam, mesmo que não se alcoolizem ou usem algum tipo de drogas, e que reflitam e passem para os seus contatos.

Link do video :
http://www.youtube.com/watch?v=Z2mf8DtWWd8

Deu na imprensa


Queimadas prosseguem

Da ecologia o Brasil está longe. Mesmo tendo a maior reserva natural do planeta, e recursos que fazem inveja a qualquer outro país do mundo, a ganância de certos setores da sociedade, os quais todos conhecem, mas poucos conseguem levantar sua voz contra, vai transformar nosso país num deserto nas próximas décadas.
Mas eu não sei que graça acham em queimar campo, queimar sujeira, se o dano ao meio ambiente é irreversível. Vejo dezenas colocando fogo em lixo pelos pátios e, como diz o dr. Disconzi, depois os vizinhos ainda ficam respirando a fumaça danosa à saúde e achando lindo a atitude do "incendiário".
Outra "queimação" diz respeito às diárias torradas pelos vereadores, sendo que o jornal Zero Hora deu destaque a algo que há horas o Expresso já vem fazendo.

São Chico, por exemplo, uma das câmaras que mais gastaram foi notícia em nosso jornal, resultando até em uma ação de improbidade por parte da Promotoria.

Itacurubi e Capão do Cipó também estão na lista das câmaras gastadoras.


sábado, 14 de agosto de 2010

Dia especial

Queridos leitores

O dia de hoje foi muito, mas muito importante para nós, do Expresso. Quem diria que hoje a Sandra, o Márcio e eu estaríamos num programa de rádio... Bem que a gente queria fazer isso antes, mas o jornal era nossa prioridade.

Enfim, quando o amigo Eldrio nos convidou, vimos que havia chegado o momento. E para coroar o nosso Expresso no Ar, a ilustre figura do radialista Nélson Abreu, justo numa época em que a cidade mais queria ouvi-lo, e justo na Central FM.

Obrigado, Nequinho, pela honra; obrigado, Eldrio, pela oportunidade; obrigado, ouvintes e leitores por quererem saber o que a gente pensa e discute.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Neco no Expresso no Ar

Acabo de falar com o grande Nelson Abreu e recebi a confirmação de viva voz: ele estará na Cetral FM amanhã, a partir das 10h30mim, no Expresso no Ar. Nequinho, ao vivo e a cores, aliás, muito, muito vivo, graças a Deus! Ligue o rádio, nos ouça e ouça o Neco que está de volta.

Eventos de hoje


Entrem no site do vereador Bianchini e escutem e assistam à narração do Nequinho. Voz perfeita. Obrigado, Bianchini.

Nélson Abreu já está em Santiago (foto com os vereadores) e será homenageado hoje com um jantar lá no Clube Sete. A organização está a cargo do PDT.

Hoje também teremos a abertura do Comitê das candidaturas de Paulo Ferreira, a deputado federal, e de Júlio Quadros, deputado estadual. Será hoje (13/08), sexta-feira, às 18h30min. Júlio Quadros estará presente.
O Coordenador geral da campanha e Paulo Ferreira/Júlio Quadros em Santiago e Região é o historiador Ruben Finamor, secretário de formação política do PT local.

Contatos pelo fone 55- 99885924.

Endereço do Comitê: Rua Bento Gonçalves, Centro - Santiago/RS (ao lado da Agropecuária Pampeana, próximo à sede municipal do PT).

amanhã, sábado, teremos a inauguração do comitê do Chicão. Será a partir das 10 horas, numa sala bem ali no centro. E pelo que eu sei, a minha grande amiga Sônia Barros foi muito sensata em oferecer este espaço ao nosso querido Chicão.

Deu na imprensa

Tudo liberado

"Já é complicado para o eleitor médio entender as coligações políticas que acontecem no ano eleitoral. Agora, tudo vai ficar pior ainda. Por unanimidade, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram liberar o uso de imagem e voz de candidatos e militantes em programas eleitorais de partidos com coligações diferentes na disputa regional, desde que as legendas sejam aliadas em âmbito nacional."

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Expresso recheado

Logo, logo o Expresso estará nas ruas e com cada uma... Por exemplo:

Quadrilha de Capão do Cipó começa a desmoronar. Essa foi uma "tijolada" na cabeça dos amigos do alheio;

Figura pública da região sofreu paralisa facial após tomar a vacina contra a Gripe A;

Promotoria exige o término da obra na 377. Não dá mais pra aguentar;

Tudo, mas tudo mesmo sobre a festa do ano. Os Melhores do Ano com o espetáculo de humorismo;

Tudo pronto para o Grito do Nativismo Gaúcho, de Jaguari. A cidade também promove a sua grande feira;

Os colunistas estão com muita sede e viram atração à parte no Expresso;

E cá pra nós, tem umas charges nesta edição... Nem que me degolem não digo que um tal de Fridico é o centro das atenções...




Dá-lhes, Itacir!

Colegas do MNBD.


No sábado da semana passada estive presente em um debate na Rádio Central FM (Santiago/RS), sobre o Exame de Ordem da OAB. Participaram do debate a professora Adriane Damian - Coordenadora do Curso de Direto da URI - Santiago e o advogado Marcelo Noronha - Presidente da OAB - Seccional Santiago.


Os âncoras do programa Jornalistas João Lemes, Sandra Siqueira e Márcio Brasil, coordenaram o debate, que iniciou às 10:30Hs até ao meio-dia.

Na última sexta-feira houve a publicação de duas páginas sobre o assunto no jornal Expresso Ilustrado, periódico de maior circulação regional, com sede em Santiago.

Caros colegas do MNBD: leiam e repassem este linck para que todos tomem conhecimento, do quanto é importante termos jornalistas que colocam em pauta tão polêmico assunto.

http://www.jlemes.blogspot.com/

Itacir Flores

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Aniversário

Hoje, 12 de agosto, é o aniversário do jornalista Júlio Prates. Polêmico, de emoções fortes, incompreendido muitas vezes, mas é o Júlio, o mesmo que há anos me ajudou aqui no Expresso. Entraves, por vezes discussões entre ele e eu, mas nunca esquecemos um do outro, pois no fundo sei que seu coração é grandioso. Parabéns, colega, e que viva muito feliz ao lado da Elisiane e da Nina.

O engraçado é que ontem eu também festejei meu aníver e justo o que o Prates escreveu dele iria escrever de mim. Que não lembro dos aniversários dos outros. Só sei do dele porque é depois do meu, o da Lizandra porque é no dia do meu e do da Ivana porque é um dia de diferença do da Suzana, e assim por diante...

Portanto, não merecia as homenagens que me fizeram ontem. De qualquer forma, elas em deixaram alegre, por isso, obrigado, amigos, colegas, familiares.

Inter, Inter, Inter


Este guri aí na foto mais uma vez me trouxe alegria. Não falo dos meus filhos, falo do Rafaelzinho Sobis, à direita da foto, abraçado ao J. Henrique. Ele foi fundamental para o Inter vencer o Chivas do México na quarta à noite (2x1). A decisão da Libertadores será no Beira-Rio, na próxima quarta. E já sinto o cheiro de mais um caneco, título que vai coroar o "campeão de tudo", que pode ser bi-campeão da América.

Comentário

Me parece que quando as parcerias do xxxxxxx começarem a ir para a cadeia irão faltar celas. Grande Abraço . (Andressa - Jaguari).

Crime e castigo

JAGUARI - Em meio a tantos escândalos nas repartições públicas, um deles pelo menos não ficou impune. Vejam o caso de Jaguari: há anos corria um processo contra Gezeli Piveta, ex-diretora da Escola Agrícola de Chapadão. Ela era acusada de mandar retirar madeiras do terreno da escola. Depois, caminhões da prefeitura levavam a madeira até a serraria de sua família, onde era beneficiada e vendida. Agora, Gezeli está presa em Santiago e seu filho (Gilberto) prestando serviço à comunidade, já que ele era o dono da serraria. O crime aconteceu durante o governo do prefeito caio Jordão (PMDB).

Este é galo


DEU NA IMPRENSA:


"O que você faria para escapar de virar almoço? Certamente andar de pé não seria o maior problema. Isso pode ter sido o que pensou o galo Mumble, em Jiangsu, leste da China. Sendo assim, a ave adotou os modos de um pinguim.

Pense bem: quem come pinguim? Bom, talvez um urso polar comeria, mas eles vivem em pólos opostos, não vivem?

Mumble, em lugar de ciscar e subir em poleiros, fica andando de pézito de um lado para outro. Conforme o “Austrian Times“, o nome do galo foi dado pela imprensa chinesa em função de um personagem do filme Happy Feet. O dono do bicho, o fazendeiro Lu Xi, diz que nunca viu o filme, mas gostou do nome.

"Embora meu pássaro não possa dançar", brincou o fazendeiro (pelo menos isso é o que ele pensa, vai saber).

Seja como for, a estratégia do galo deu certo. Impressionados pelo seu jeito pinguim de ser, a família de Mumble resolveu não comê-lo. Escapou da panela.

Aqui no Sul, quando alguém é bom em alguma coisa, dizemos que é galo. Não sei se vale em outras regiões (pessoal de São Paulo, esclareçam, por favor). Fato é que, em termos de salvar a própria pele, embora se finja de pinguim, esse galo é galo".


LEIA NO EXPRESSO

Colunista Araponga detona:

Vergonha, vergonha
em cima de vergonha

Justo na semana dos escândalos em Câmaras de Vereadores (a qual apelidei de “a semana da vergonha”), justo com a política em queda livre, soubemos que a Câmara de São Chico encurtou o turno único. Agora é ordem do senhor presidente: com as portas fechadas às 12:00, abrem-se mais chances de pedir votos para os candidatos.

Nariz na porta

E na Prefeitura, o baile é o mesmo. Desde que o PP ganhou, vale o turno único, fechando às 14h. Após este horário, não adianta chegar um coitado de um produtor lá da campanha e querer ser atendido. Será o legítimo nariz na porta.

Mordo na língua

Há pouco eu disse que a semana estava morna, apesar do implacável Minuano em nossas orelhas. Que não houve assuntos mais pertinentes para esta edição etc.

Mentira minha. Acabo de conversar com os delegados, Carla e Arigony. Capão do Cipó está em polvorosa. Prenderam um monte de gente, e até uns graúdos estariam envolvidos. Orre, bem feito! O Expresso trará tudo a miúde.

Armas x bandidos

O corre-core tá medonho aqui no Expresso, com a edição tomando forma. Santiago esteve calma nesta semana, sem fatos que justifiquem uma edição mais interessante, mas onde há gente, há notícia. Então, vamos lá;

Fico puto da cara com quem ainda pensa que arma é para se defender contra ladrão, bandido. Todas as horas é morte aqui e acolá causada por gente que não era bandido, mas que virou num piscar de olhos;

Hoje mesmo, no centro do país, um pobre garoto chegava no estacionamento de um súper com os pais e foi morto por um ordinário que levava uma arma para mostrar a um amigo. Não viu que estava carregada e esta disparou;

Arma é pra espantar bandido? Em Manoel Viana, um guri de 16 anos matou uma senhora com alguns tiros na testa. A arma era da própria família. Seria para espantar bandido, mas quem virou bandido foi quem a empunhou por alguns segundos;

Em Capão do Cipó os bandidos entraram numa casa e levaram tudo, inclusive duas armas, as quais seriam para espantar eles mesmos;

Aqui em Santiago, um homem disparou (sem querer) a arma contra as pernas da enteada. Mas esta seria para disparar contra os bandidos;

Uma senhora pegou uma ama não sei de quem e disparou contra a própria cabeça. Esta foi em Santiago há poucas semanas;

Um jovem matou a esposa e depois "matou-se", outra tragédia em Santiago, há alguns meses. A arma, seria, eu disse, seria, para ser usada contra bandido;

Já não viram, já não sabem, que estas bostas só servem para a destruição, para os covardes virarem machos e para os inocentes morrerem?

Já não viram que ou nós viramos bandidos com uma arma na mão, ou os bandidos invadem nossa casa para pegá-las? Não viram que somos nós, bocós, que armamos essa gente?

Senhores da lei: soquem na cadeia quem andar por aí com arma sem registro, por favor!

Prova da OAB

João Lemes

Vc não imagina a repercussão da matéria do Expresso
sobre o exame de ordem da OAB, na região.


Recebi vários apoios de pessoas relevantes de Santiago,
inclusive elogiando vcs sobre a abertura da discussão.


Então, é assim: muitos gostam e poucos criticam. Fazer o quê?
Gostaria que vc me mandasse o linck da matéria para que eu
possa mandar para a nossa cx de emails (5000) e espalhar par
a o Brasil.
Itacir Flores

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Expresso no Ar


Prova da OAB: que bicho é esse? - 06/08/10

Prova da OAB: contra ou a favor? A legalidade da prova da OAB foi o assunto no Expresso no Ar pela Central FM. Os advogados Marcelo Noronha, presidente da OAB, e Adriane Damian, coordenadora do curso de Direito da URI; debateram o tema com o bacharel Itacir Flores, líder do Movimento Nacional de Bacharéis. "A prova da OAB nada mais é do que uma reserva de mercado que privatiza a profissão de advogado e só busca arrecadação financeira", diz Itacir, o qual lembrou que o caso será julgado pelo Supremo Tribunal Federal, que deve acabar com a necessidade da prova ou deixá-la seguir.

Caminho sem volta

Marcelo Noronha elogiou a luta de Itacir, concordando que deveria ser discutido o formato da prova, mas acredita que ela vai continuar. Disse que as universidades do Brasil despejam mais de 100 mil bacharéis por ano e se o objetivo da OAB fosse de aumentar seus ganhos, faria a prova mais fácil para todo mundo passar. "O objetivo não é de arrecadar, mas assegurar a boa qualidade do ensino superior", contestou.

URI apoia a prova

A advogada Adriane Damian disse que o curso de Direito apoia a OAB. “A prova é importante e qualifica, pois atinge as universidades caça-níqueis que não preparam direito seus acadêmicos", disse. Adriane observou que a URI já formou 515 bacharéis e que, destes, 171 estão advogando, enquanto outros buscaram outras carreiras.

Prova inconstitucional

Itacir sustenta que a prova da OAB é inconstitucional (ilegal) e que a entidade, como um todo, arrecada meio bilhão por ano. "O custo do exame é de R$ 200. Só rico para fazer. A OAB privatiza a profissão e impede os bacharéis de trabalharem. De cada 100 que fazem a prova, 92 são reprovados. Essa é a realidade". Itacir acredita que a OAB também não atua como deveria, fiscalizando os advogados. "Hoje há muitos profissionais envolvidos em notícias de corrupção, de sacanagem etc. Tem que fiscalizar, essa é a função. Será que a OAB está funcionando como deveria?"

Os bons profissionais

Sobre a OAB Santiago/Jaguari, Noronha garante que ela atua com muita seriedade, valorizando quem trabalha, sem fechar os olhos aos que cometem erros. "Temos 260 advogados na OAB e 13 estão sendo processados por má conduta. Desde que assumi, nenhuma ação foi arquivada e nem será", disse. Ele também fez uma consideração sobre bons profissionais. "Quando procuro um médico, quero sempre o melhor. Assim também deve ser com os advogados.”

Prova não qualifica

Itacir Flores não reconhece que a prova dê qualificação. "Um médico conquista o seu diploma e está pronto para clinicar. Por que com o advogado é diferente? Por que ele tem de fazer uma prova antes? Quem qualifica não é a OAB. São as universidades. E temos que ser realistas. Em Santiago, apenas 2% dos alunos que fizeram a última prova conseguiram passar. A prova está mais para concurso para desembargador do que para avaliar o bacharel para este desempenhar a sua profissão", concluiu.

Fases da prova

Conforme a professora Adriane, a prova é divida em duas fases. A primeira é de questões objetivas, sendo necessário acertar 50%. A segunda é dissertativa, com média 6 para aprovação. "Tudo o que cai é trabalhado em aula. Um exemplo: no ano passado, tivemos quatro alunos que passaram na OAB antes de se formarem", disse.

Atuação de professores e os alunos da URI

A professora Adriane diz que o curso tem mais de 470 acadêmicos e 20 professores, sendo o mais procurado. "Todo o sucesso exige sacrifício. A universidade dá a base ao aluno, com sua estrutura. Mas ele deve aprofundar o seu conhecimento e estar em constante estudo. Não pode estudar apenas para o bimestre, mas para sua vida profissional", observou. Ela frisou que existem alunos que não se esforçam e que copiam trabalhos, mas não se pode generalizar.

Mas por que doutor?

O Decreto Imperial é de 1º de agosto de 1825, por Dom Pedro I, que deu origem à Lei do Império de 11 de agosto de 1827, criando dois cursos de Ciências Jurídicas e Sociais. Também introduziu o regulamento, o estatuto para o curso jurídico e o título (grau) “de doutor” para o bacharel em Direito.

Quem é doutor?

No final do programa, os entrevistados descontraíram lembrando do hábito que as pessoas têm de chamar os advogados de doutor. "Particularmente, prefiro ser chamado pelo nome, sem o doutor. Mas uma vez, num jogo de futebol, presenciei um colega exigindo que o chamassem assim", lembrou Noronha. Adriane relatou que esse costume vem de um decreto do tempo em que o Brasil era Império, que se determinava que os advogados teriam esse tratamento diferenciado. Tratamento esse que nunca foi revogado e que virou um padrão cultural.

Divirtam-se

Estamos aqui abaixo de tempo feio, com frio e com fome. Vou dar uma paradinha pro lanche da noite, já que o jantar só sai lá pelas zero hora;

Mas antes, mais umas quentes pra vocês:

Soube que um político, o qual diz que a imprensa não faz nada pela sociedade, vai deixar a política para atuar sabe onde? Na imprensa eh,eh,eh;

Por certo agora alguém, finalmente, vai nos ensinar como se ajuda uma sociedade;

A primeira lição deve ser: como virar político e conseguir concessão de rádio;

E não me venham dizer que eu não avisei;

Hoje fui ao médico pra ver meu problema na virilha, uma lesão conseguida num jogo, e notei que as pessoas adoram um elevador. Eu aproveitei para usar a escada, pois é um exercício que não costumo fazer;

Se vocês, leitores, me virem na rua, sem olhar pros lados, é porque ando sempre com pressa. Por acaso vi o seu Deponti, aquele veterano ali de frente à Rádio Santiago;

Seu Deponti me olhou e disse: "E aí, menino"?;

Foi no prédio dele que o Expresso começou a ganhar corpo;

Talvez seja por isso a consideração pelo "menino". Mesmo assim, agradeço;

Uma de minhas indignações é quando saio e ouço a velha pergunta: "telefone pra contato"?;

Dá uma vontade danada de dizer: "Não tenho. Telefone eu só uso pra fazer xixi, o mesmo que eu queria dar em você pra aprender a falar direito".

Deu na imprensa

Mais de 51% dos brasileiros acham que o atendimento de saúde é demorado em postos e hospitais. O dado faz parte do Relatório de Desenvolvimento Humano Brasileiro 2009/2010, divulgado nesta terça-feira (10) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

As últimas

Hoje temos jogo da Seleção contra os EUA. Teste forte para Mano Menezes;

Meu Inter joga amanhã contra o Chivas, México, pela final da Libertadores;

Diniz diz que não derrubou ninguém e, caso o tenha feito, não sabia que tinha tanto poder assim;

Alessandra Rodrigues vai deixar a nossa equipe jornalística, lá em Jaguari. Motivo: casamento;

Outro assassinato na região. Um guri matou uma mulher com um tiro na testa no interior de uma cidade da região. Detalhes no Expresso;

Seguem a mil os preparativos para Os Melhores do Ano. Uma festa jamais vista;

Muitos se emocionam ao saber do resultado da pesquisa que aponta os vencedores do Oscar da Competênca.

China conta os mortos

O número de mortos por deslizamentos de terra na província de Gansu, no noroeste da China, aumentou para 700 e umas 1.148 pessoas continuam desaparecidas, segundo informações do governo e da mídia estatal chinesa.

Os deslizamentos estão sendo causados pelas chuvas torrenciais que atingem a região desde o sábado. As chuvas destruiram as margens do Rio Bailong e uma grande quantidade de água, lama e rochas atingiu morros e casas.

Farra das diárias

Abro meu comentário de hoje com a postagem do colunista do Expresso, o meu amigo Ruy Gessinger, o qual debruça o pau sobre a farra das diárias. Ele questiona:

Hoje fui um fuzuê de Polícias mais Tribunal de Contas recolhendo documentos nas Camaras de Vereadores dos farristas.
Desculpem, torci o nariz. E porque esses deslocamentos todos espetaculosos?
Isso tudo poderia ter sido feito pelas polícias locais.
Ademais: o que estavam fazendo os munícipes?
E o promotor das localidades? E os líderes comunitários? E a oposição naqueles municípios?

Viram como é? É muito ruim essa idéia de partido único, tipo nazismo ou stalinismo. Não havia oposição nessas cidades? Não sabiam que existe a Ação Popular? É feio ser contra o candidato único? É deselegante ser fiscal da lei?
Rosa não dá em guanxuma. As comunidades desses locais de farras também devem rasgar suas vestes, atirar cinzas nos cabelos e ajoelhar sobre grãos de milho! Têm culpa concorrente. (Ruy Gessinger)

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sou o pai mais feliz




Como todos sabem, tenho três filhos adorados: o João Henrique (12), a Fernanda (15) e o Fagner (21), o qual entrou hoje na UFSM. No domingo dos pais, todos me deram presentes. Adorei todos, mas o que me comoveu foram as mensagens contidas no cartão e que agora compartilho com os amigos.

Pai:
Obrigado por tudo que me ensinou e que vai me ensinar. Te amo. João Henrique;

Pai:
Obrigado por perdoar meus erros e por me ajudar a superá-los. Te amo. Fernanda;

Pai
Obrigado por aceitar minha amizade e ser meu melhor amigo. É o pai mais dedicado que alguém pode ter. Te amo. Fagner.
Que Deus ilumine vocês, filhos amados, razão do meu viver.