quarta-feira, 9 de março de 2011

Artigo do dia


Morte pela boca

Hoje em dia é difícil de manter-se fiel à uma alimentação balanceada, mas para quem não consegue seguir nenhuma dieta, facilito as coisas: ao evitar alimentos gordurosos, fritos e enlatados você já estará dando um importante passo rumo à boa saúde. E não esqueça de diminuir o sal, o açúcar, as carnes vermelhas e as frituras.

Eu me acostumei tanto à comida com pouco sal, que estranho ao comer um simples salgadinho ou tira-gostos quaisquer feitos por outras pessoas. No Carnaval em Jaguari, inventei de pedir uma batata-frita a um vendedor. Por prevenção, alertei: “Quero com pouco sal”.

Infelizmente as pessoas não seguem essa norma. Nem conseguem te ouvir. Resultado: lá veio a batata branca de sal e ainda por cima, encharcada no óleo de cozinha.

O que é ainda mais estranho é o alto índice de automedicação e de abuso do álcool e do fumo. Bem diz o ditado que nós, humanos, mesmo não sendo peixes, morremos pela boca.

Bem, mas pelo menos muita gente que eu conheço e que abusa desses males, recusa a água tratada pela Corsan, preferindo só beber água mineral, mesmo não tendo a certeza de sua procedência.

Nenhum comentário: