segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Meningite? Não se agite!

(achei esta postagem no blogue do osso colunista, o Froilam Oliveira. O cara disse tudo em pouco mais de 5 linhas. Vejam).

Afinal, há surto de meningite em Jaguari ou não? Apenas em Jaguari, não em Santiago, São Francisco, São Vicente...? Há pessoas nessa cidade com inflamação das meninges? Quem são elas? Onde estão internadas? Já sei como acabar com tal dúvida: ligação para o Hospital de Caridade de Jaguari ou para alguém conhecido de lá. Acabei de ligar: 3255-1882. Tu... tu... tu... tu... (tá chamando)

Estradas

Vejam como as pessoas têm medo de estradas ruins.

Amigo João Lemes.

Chamo-me Washington Pinheiro, sou de Porto Alegre, peguei seu e-mail na grande rede e sabendo tratar-se de um jornal sério preciso de um esclarecimento.

Agora, no feriado de carnaval, vamos, eu meus irmãos e meu pai à cidade de Alegrete "fazer" uma pescaria.
Como minha caminhonete é bi-combustível, gnv e gasolina, vamos sair de Poa direto a Sta. Maria "no gás", em Sta.Ma. abasteço de gnv e vamos até Alegrete pegando a RS-377.

Agora vai a pergunta que me levou a enviar este e-mail.... Quais as reais condições da RS-377 no trecho que vou circular ??
Espero e desejo que me responda, pois não conheço o trajeto e ninguém que tenha o feito.
Conto com sua camaradagem e agradeço desde já sua cordialidade.
Abraço.

Washington Pinheiro
Porto Alegre/RS

Respondi ao rapaz que venha sem medo e faça o trajeto por São Chico.

Essa política...


Bacana esta atitude do Chicão de ir à Câmara. Pelé já aproveitou e "panfleteou" o cara com um pedido para que o Daer dê jeito nos trevos da nosa 377. Mas de novo?

Entra governo e sai governo a estrada à espera. Bem certo fez o Pelé que até usou uma de suas tradicionais camisas (sua marca registrada), numa maneira discreta de dizer que o pedido é antigo.

Mas esses guris parece que têm um bicho carpinteiro e não param quietos nem nos partidos, nem fora deles. A toda hora se metem numa e noutra.

(foto: assessoria da Câmara)

Atropelamento Massa Critica 25022011.mp4

Trânsito louco

Vídeo de motorista que atropelou
ciclista em POA é visto pelo mundo

Milhares já viram o vídeo que mostra um motorista atropelando ciclistas na capital.

Na sexta-feira uns 15 ciclistas foram atingidos por um Golf no centro de Porto Alegre. Oito deles foram encaminhados ao hospital e liberados mais tarde. O motorista fugiu e seu carro foi encontrado na madrugada de sábado em um bairro da Capital.

Ricardo Neis, 47 anos, é funcionário do Banco do Brasil. Na segunda-feira, 28 de fevereiro, ele se apresentou à Polícia e alegou legítima defesa dele e do seu filho de 15 anos.

O Ministério Público pediu a prisão preventiva de Ricardo Neis, pois as imagens da internet somadas ao histórico de infrações graves no trânsito revelariam um perfil violento do motorista.

– Ele tem multas por dirigir na contramão, em cima da calçada e outras infrações graves. Precisa ser preso, pois não há justificativa para o que fez, explicou o promotor. Foi um crime doloso (com intenção de matar) e duplamente qualificado, por ter sido cometido por motivo fútil e por um meio que impossibilitou defesa das vítimas.

Neis prestou depoimento na Delagacia e afirmou que foi cercado pelos manifestantes e que se sentiu ameaçado, por isso tomou a decisão de avançar com o veículo.

O bancário garantiu que não teve a intenção de atropelar os ciclistas, mas tentou fugir depois que um grupo começou a bater no seu carro. Questionado se tomaria a mesma atitude novamente, ele afirmou que "nem teria saído de casa".
(fonte: RBS)

www.clicrbs.com.br

Leitor indignado

Grito de protesto de Jaguari
(Antonio Carlos Mesquita do Amaral*)

O Grito do Nativismo acontecido há pouco foi um sucesso novamente. Nós, de primeira vez, e como mero visitantes, tivemos a satisfação de manter contato com pessoal de além fronteiras do Rio Grande.

Ocorre que os que vinham ao município até o ano de 2008, bem como seus próprios habitantes, uma vez adentrando pela avenida Júlio de Castilhos e fazendo a travessia da ponte até a rua Edu Marchiori da Silveira, deslumbravam logo adiante, no cruzamento com a Sete de Setembro, uma visão de dois avoengos prédios já centenários como se "sentinelas" fossem na entrada da cidade. Verdadeiros guardiões da história da comunidade que deu continuidade ao trabalho heróico dos desbravadores.

Um deles é o primitivo prédio da Prefeitura onde hoje se encontra o museu, o outro foi Solar dos Silveiras ao se perder do tempo. Presentemente, pelo mesmo itinerário, a visão é de indignação e tristeza, principalmente ao universo de pessoas com profunda sensibilidade, visto que o cenário foi descaracterizado por "bárbaro crime" perpetrado contra o patrimônio histórico, posto que fosse a derrocada pela mão do homem, um dos prédios a "bel prazer" da sanha gananciosa de pessoas sem escrúpulos e sem um mínimo de sentimentos.

Lá se vão mais de dois anos que "destruíram" a mansão que abrigara inúmeras gerações de uma mesma estirpe, para em seu lugar construírem área comercial atualmente arrendada para uma grande empresa de eletrodomésticos.

É de se lamentar que o seguimento competente do setor responsável não tenha tomado providências para embargar o projeto e a Câmara saído de sua letargia a fim de votar em caráter urgentíssimo o tombamento. A maioria da população, por tamanha desfaçatez é que esta dando o verdadeiro, o permanente e mais retumbante "grito de protesto de Jaguari"!

Santa Maria, 14 de fevereiro de 2011.
*Militar reformado

Pra dar risada

- Qual os dois tipos de pessoas felizes que existem?
- Homens solteiros e mulheres casadas...

Bola parada


Há pouco falei com o Luciano, da nossa Liga Desportiva. Senti que ele estava um pouco chateado pelo atraso do início do campeonato municipal, porém, ciente de que tudo deve ser feito da maneira correta.


O que faltou, no meu ponto de vista, foi o departamento de licitação da prefeitura ter informado antes que o dinheiro para os árbitros não seria possível naquela data. (Os árbitros querem apitar e já receber, e muitos são de fora).

Mas nesta semana creio que tudo deva ser resolvido, pois são questões apenas burocráticas e não é nada de falta de vontade de ninguém.

A Liga cresceu muito, está muito valorizada, tudo é bem organizado mas realmente, sem o dinheiro da prefeitura para custear parte dos gastos, a bola não pode rolar.

Caso tudo seja resolvido, o campeonato começa após o Carnaval, como de resto nesse Brasil velho de Deus.




Câmara é pela transparência;
não somente pela aparência


No balanço divulgado pela Câmara de Santiago no ano de 2010, na gestão de David Vernier consta o seguinte gasto em divulgação:

- PUBLICAÇÕES LEGAIS: 4.980,00;
-PUBLICAÇÕES INSTITUCIONAIS: 15.937,25;

A Receita Federal irá inscrever 142.360 empresas em Dívida Ativa no próximo dia 11 de março.


Carnaval e meningite
(por Oracy Dornelles)

GITE é uma doença virulenta, violerda e nova que ataca principalmente em época de Carnaval. Para nossa sorte esse surto epidêmico gravíssimo está no Bloco Inferior, pois é apenas uma pequena Gite, (isto é, uma MINI Gite), sem ameaça aos nossos blocos.... A cidadezinha do interior só tinha 2 Blocos Animalescos oficiais, e ficaram mais conhecidos por suas brigas do que pelos seus fracassados desfiles.... Até o REI BOMBO era único: usava bigodes, era magro, baiano, e morava na calçada....

Se continuar assim , essa cidade não terá apoio financeiro prefeito e imoral do principal membro da Comoção Sem Educação e Cultura da Cama Féde ral, a escarpescência de Sua palhacidade tirica.... Mas em compensação vão desfilar 10zenas de bloquinhos independentes ou mortes, ficando o “loock” para o recém criado bloco gauchesco “Os Magrinhos do Pastoreio”, onde ´será apresentado um carro alegórico e strambólico`dedicado à Erva. (Erva-mate, claro!).

E outro para o Kraque, para os craques do frescobol de praia, onde todos usarão caximbos... da paz... Finalmente haverá um grande prêmio oferecido pela Casa do Poeta, em sua noitada “Meia Taça Poética”, (taça de café), para quem descobrir qual a perna , (direira ou canhota), que falta no Sacy. Deposite seu voto na furna pública da Prefeitura Municipal, (pensei que ela fôsse Estadual!!!), ou na arredação do jornal Impresso Desislustrado, ou mande um e-mail, (1 e 1/2), para o Dog do Getúlio Pires, (não confundir “Pires” com “Prates”).... ...E não se AGITE muito com essa MINI ameaça de mini gite...

Dengue x relaxados

Bastou falarem em dengue e mosquito que a prefeitura deu uma direta nos donos de terrenos sujos. Diz que vai multar. Tomara que de fato multem, pois há horas essa novela de pátio sujo se arrasta e ninguém detona com esses proprietários relaxados.

Ontem fui dar uma volta ali na saída pra Capão do Cipó, entre os lajeados, e já vi uma carga de lixo eletrônico, carcaças de computador etc.

Num dia uns limpam, noutro eles sujam de novo. E a população segue sem saber o que fazer com pilhas, baterias, carcaças de Tv e de computador.

Comentário

Graças a Deus uma visão crítica. Tenho contato com pessoas da Coordenaria de Saúde de Santa Maria e soube que foi alguém ligada diretamente ao prefeito que fez essa bobagem, em vez de ajudar, piorou para nós.

Bom, dia Santiago

No programa Expresso no Ar dissemos que o Marco Peixoto (que agora virou doutor) andava se refestelando por Santiago, dando entrevista aqui e acolá e dizendo que está "prestigiando a cidade". (Autodenominando-se um cara de prestígio). Argumentamos que isso era a síndrome da abstinência do poder (poder político). Enfim, caçoamos disso.


Em seguida um ouvinte ligou e disse que pela primeira vez ele ouve alguém fazer alguma crítica desse estilo (em rádio) ao Marco Peixoto, hoje conselheiro do Tribunal de Contas. Eu não vi nada demais e até nem era motivo para o ouvinte dizer isso, mas se ele quis dizer, está dito.

Depois, outro ligou e denunciou uma água parada ali nas barbas do prefeito Ruivo, fundos da prefeitura, numa obra.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Jaguari

Mas essa do vereador Eudo dizer que dava pena de ver o ex-prefeito Ivo ao vê-lo distribuindo material de propaganda. É a pior coisa que poderemos esperar de um inimigo: pena.


O ex-prefeito Ivo está acima desses episódios. Todos sabemos que foram alguns assessores seus que o colocaram no mato. Agora, tenta contra-atacar quando seria hora de apenas provar sua possível inocência.

Ainda Jaguari

Sábado à noite me reuni com amigos aqui em casa e alguns ainda questiovanam sobre o suposto surto de meningite em Jaguari, pois estavam afim de desistir de irem pra lá.


Só me restou tranquilizá-los, já que há pouco havia publicado nota da direção do Carnaval de Jaguari embasada em declarações do pessoal da saúde. Que desde a metade de Fevereiro não houve novos casos e que tudo estava sob controle.

As informações me foram passadas pelo advogado Eduardo Diefenbach. Conheço esse moço, filho de família tradicional, irmão do famoso promotor Sérgio Diefenbach. Ele tem muita credibilidade, sabe o que diz.

Não sei a quem interessa essa notícia de surto e dizem até que alguém ligado ao Carnaval de Santiago teria distribuído uma relação de supostos casos, um documento mais antigo e que era instrumento interno dos agentes de saúde.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Porque hoje é sábado


Expresso no Ar, carnaval,

Meningite e os Goelas Secas

Acabamos de encerrar mais um Expresso no Ar. O assunto debatido foi a beleza. Minha querida amiga Márcia Gonçalves (na foto aí comigo) foi uma das convidadas. Agradeço a ela e à equipe da Estética Hadassa pela colaboração. Central FM - Pra viver ouvindo.

Um abraço à amiga Karla Pasini, nossa ouvinte lá de Santa Maria. Valeu por nos aguentar todos os sábados das 10 ao meio-dia. Você e seu marido Giovani são donos do meu coração. Esperamos vocês loucos de saudade.

No programa de hoje ainda abordamos a questão da meningite em Jaguari, tranquilizando as pessoas de que tudo está sob controle. Pode ir brincar o Carnaval na cidade e divertir-se à vontade, sem perigo, conforme a nota publicada aqui no blogue na noite de ontem. Leiam. Está logo aí abaixo.

Um abraço também aos amigos Nilson Pereira, grande locutor da Central, agora também universitário da nossa URI. Vai virar advogado aquele rapaz. Amanhã ele estará num almoço lá no clube da Betânia com seu grupo vocal "Os goelas secas" e eu sou convidado também.

Meu amigo Cleiton nos mostrará o dom da sua arte prestigiado por meu amigo Diniz Cogo, grande vereador e comunicador. Estarei lá, meus amigos, pois tendo a companhia de vocês, não preciso de mais nada. Beijos a todos e até mais.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Sem futebol

A Liga Santiaguense de Futebol comunica que todas as partidas dos Campeonatos Municipais que estavam em andamento estão CANCELADAS até segunda ordem, incluindo a Abertura do Municipal de Futebol de Campo da 1ª Divisão que estava prevista para acontecer no próximo final de semana.

Tal ação se deu devido a um desacerto entre a Prefeitura e a direção da Liga. Até que haja novo contato entre as entidades e definições quanto aos jogos municipais, todas as partidas dos Campeonatos Municipais estão CANCELADAS.

(colaboração: Rafael Nemitz)

Jaguari urgente

Meningite: autoridades
tranquilizam a todos

De 07 de janeiro à presente data foram confirmados 13 casos de meningite viral em Jaguari. O último caso foi notificado em 15 de fevereiro. Desde então, não houve registro de novos casos o que demonstra que a situação foi controlada através das medidas de prevenção e controle adotadas pelo município. Desta forma, não foi evidenciada necessidade de cancelamento de eventos em Jaguari.

O que está
sendo feito

O município está trabalhando em parceria com a 40 Coordenadoria Regional de Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde (CEVS) e o Ministério da Saúde na investigação dos casos desde o início das notificações.

Frente à essa situação uma vez que o município implementou as seguintes medidas de prevenção e controle:

Análise de balneabilidade da água do balneário;

Inspeção da qualidade da água e alimentos comercializados no balneário;

Ampliação da equipe médica e do horário de funcionamento do Posto de Saúde;

Busca de sintomáticos entre os contatos dos casos;

Coleta de água nos pontos de consumo dos casos confirmados pelo técnico da vigilância sanitária do município;

Reunião com o Ministério Público do município para repassar um diagnóstico de situação e a condução da investigação dos casos. Esta reunião teve participação da Secretária de Saúde, Prefeito, Promotor e técnica do Ministério da Saúde;

Divulgação via emissoras de rádio do município de medidas de controle relativas à higiene das mãos e cuidados com água e alimentos com a participação dos técnicos do CEVS- POA;
Distribuição de panfleto explicativo sobre a doença;

Palestras para professores da rede estadual e municipal de ensino sobre a meningite viral.


NOTA TÉCNICA SOBRE
MENINGITE VIRAL

A meningite é um processo inflamatório das membranas que envolvem o cérebro e medula espinhal (meninges). Pode ser causada por vários agentes, como bactérias, fungos e vírus.
Entre todas as meningites, as mais comuns são as virais.

Casos de meningite viral são esperados e podem aparecer de forma individual ou agregados na forma de surto. Ocorrem principalmente entre o verão e o outono e têm duração curta e autolimitada. Pessoas com sistema imunológico normal evoluem para cura espontaneamente.

A transmissão ocorre através de secreções do trato respiratório (saliva, escarro, secreção nasal) e fezes.

Para reduzir a possibilidade de infecção deve-se adotar medidas rigorosas de higiene como lavar as mãos frequentemente com água e sabão; manter limpas superfícies e objetos passíveis de contaminação (pias, balcões destinados para troca de fraldas, louças sanitárias); não ingerir alimentos e bebidas preparados em locais de higiene precária; manter ambientes ventilados.

EQUIPE DE ELABORAÇÃO:
Secretaria Municipal Saúde de Jaguari (SMS Jaguari)
Ministério da Saúde (MS)
(25 de fevereiro de 2011)

Eu agradeço


Depois de umas boas chuvas, uma sexta bonita e os produtores faceiros.

Nosso Expresso circula hoje e eu aqui, planejando mais assuntos para os próximos debates. Amanhã cedo teremos mais um Expresso no Ar pela Central FM, das 10 às 11. Esperamos vocês.

O Expresso de hoje alterou-se um pouco. Meu amigo Ruy Gessinger pediu-me um tempo na sua coluna da página 03, pois como bem explicou na edição penúltima, seu trabalho na capital o afasta um pouco da terrinha, foco do nosso semanário.

O espaço antes dele hoje é ocupado pelo brilhante Ânderson Flores. E antes de eu agradecer ao juiz e escritor, conto a todos que outros já solicitaram aquele espaço. Já me perguntaram quem vai ocupá-lo também.

Pois é, surpresas virão na semana seguinte. Evidente que vamos destinar tão nobre espaço a alguém também de peso, porém, sem a trajetória do Ruy, essa realmente é difícil de alguém tê-la.

Agora sim, quero agradecer ao amigo, escritor e colunista do Expresso que tantos debates gerou, seja opinando ou, em muitas vezes, informando com a sabedoria que lhe é peculiar. Mas as coisas são assim, uns vão, outros vêm...

Cabe ressaltar ainda que o espaço continua sendo dele para quando resolver voltar a nos brindar com seu precioso e preciso dom. Não digam adeus, amigos leitores do Ruy, falem apenas até breve.

Baita frase!

"POLÍTICOS E FRALDAS DEVEM SER TROCADOS COM FREQUÊNCIA PELO MESMO MOTIVO."
(do blogue do meu amigo Vanderlei Machado - uma verdade incontestável)

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Olha o dourado...

A piracema (época em que os peixes se reproduzem) já acabou. A pesca foi liberada, porém o dourado não pode ser pescado em nenhuma região brasileira por estar em extinção.


Mas conforme alguns pescadores de Manoel Viana, que acabam pegando esse peixe mesmo às escondidas, ele já existe em abundância no Ibicuí.

“A gente não consegue nem pegar um lambari que lá já está o dourado mordendo a isca”, disse um pescador que não quis ser identificado. Ele ainda frisou que é possível comprar o peixe na cidade sem ser flagrado pela polícia.

‘Eu sou

a presidenta’

Dilma Rousseff quer mesmo ser chamada de “presidenta” do Brasil como é anunciada todos os dias pelas rádios, no “Café com a presidenta”. O Expresso já usa esse termo há muitos anos.

Novos agentes
O governo chamou mais 287 agentes penitenciários para o curso de formação. Eles têm até as 18 horas desta sexta, 25, para apresentarem documentos na Susepe. O concurso foi feito em 2006 e vence em maio.

Meningite

em Jaguari

Jaguari teve dois casos de meningite viral nas últimas semanas. Os pacientes, ambos jovens, foram levados a Santa Maria onde fazem tratamento. Conforme as autoridades, tratam-se de casos isolados.

Li agora há pouco no site do Rafael sobre este tema, mas não há motivo pra alarmes. O que eu soube foi o publicado acima.

Trânsito

Ponto pra nós

Há tempos venho dizendo que o trânsito em Santiago melhorado, isso graças à educação dos nossos motoristas. Claro, os fins de semana sempre há os bobos do som alto, os que bebem e correm muito, mas em regra, as coisas estão “rodando” bem. Agora, com as campanhas do programa Cidade Educadora, cremos que melhore mais ainda.

Elogio de fora

O vereador Rube Consi, presidente da Câmara de Manoel Viana, elogiou o trânsito de Santiago. Ele contou-me que esteve na cidade há poucos dias e que ficou admirado com tudo, mais ainda com o respeito entre os motoristas, um dando preferência o ouro nas ruas de maior movimento.

Estacionamento

Estive no Cristóvão Pereira falando com pais e alunos e frisei que a questão da ética ainda precisa ser exercitada a começar pela briga por estacionamentos. Muitos parece quererem adentrar na empresas de carro, não sendo capazes de caminhar uma quadra sequer. A crítica vale pros donos das empresas, inclusive.

Assunto estacionado

O estacionamento rotativo segue em banho-maria na Câmara. Só o D’Ferro que não cansa de opinar: é contra. "Os parquímetros são lucrativos. Mas dependem das pessoas cumprindo regras e dependem de honestidade. Em Santa Maria, por exemplo, isso não funciona e aqui não vai funcionar também", observou.

Olha o óleo...

Cláudio Cardoso alertou para os riscos da estrada 377 cruzar ao lado da barragem de Santiago. Ele deu exemplo de um cidade onde um caminhão com óleo tombou e contaminou a água da cidade. Cardoso diz que algo deve ser feito para evitar problemas futuros.

Frase do dia

"O Samu já está errado porque o serviço se dá através do telefone. Antes que se defina quem atende ou não atende, a pessoa acaba morrendo", vereador Diniz Cogo.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Artigo do dia


Expresso, 18 anos

Em 1993 nascia o Expresso. Neste tempo todo, jamais falhou uma edição sem prévio aviso, o que só lhe rendeu credibilidade. Fomos conquistando leitores ano a ano e, hoje, figuramos entre os mais lidos do interior do RS, quebrando, inclusive, o tabu de que a classe mais pobre não lê jornal. Outra marca da credibilidade são as centenas de anunciantes de todas as áreas. Para exemplificar, destaco que só na edição anterior havia anúncios de seis concessionárias de veículos: Ford, GM, Fiat, Kia, Peugeot e Volkswagen, às quais agradecemos pela confiança.

Outra marca forte do Expresso são as brincadeiras e críticas sobre os políticos. E lembramos que essa é uma característica dos jornais. Claro, mesmo em tempos de liberdade de imprensa, há pessoas que não toleram uma chacotinha, mas isso nos é permitido por lei, para o azar de alguns e alegria e compreensão de outros. E me permito dizer que até nos tempos da ditadura era possível caçoar deles (no bom sentido), como faziam chargistas e cronistas. Certa vez alguém perguntou ao humorista Juca Chaves como se percebia que um sujeito era burro: “Médice” da cabeça aos pés, disse ele.
Assim será por mais 18 anos, tudo com a bênção de vocês.

Todos contra a dengue


O que você tem feito para ajudar no combate à dengue? No Brasil, milhares de pessoas já estão agindo para não deixar que o mosquito transmissor da doença se reproduza, eliminando todos os locais com água parada.

Para evitar que a dengue se torne um caso sério na sua cidade, é preciso agir também: cuidar da sua casa, conversar com os vizinhos e acionar a prefeitura quando necessário.

Combater a dengue é muito simples. Tampar a caixa d'água, colocar sempre o lixo em saco plástico ou mesmo limpar as calhas do telhado são só alguns exemplos. São tarefas do dia a dia que fazem a diferença.

Precisamos da sua participação na campanha e de mais pessoas envolvidas nessa luta. O Brasil conta com você.

Envie para um amigo
acao.combatadengue.com.br/page/share/divulgue_combatadengue


Visita do conselheiro


O deputado Chicão recebeu hoje o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Marco Peixoto. “É uma visita de cortesia ao novo deputado que tem a importante missão de representar e lutar pelo desenvolvimento social e econômico de Santiago e região”, disse Peixoto.

Na oportunidade, o parlamentar progressista falou sobre suas expectativas e planos frente à Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo. “Além do desafio de presidir uma das mais importantes comissões da Casa, vou trabalhar por melhores condições nos setores da infraestrutura, educação, saúde e por mais oportunidades de investimentos”, reiterou Chicão.

Assessoria de imprensa - Daniela Bordinhão
Crédito da foto - Daniela Bordinhão

Soube agora que em Jaguari choveu bastante. De 80 a 100 mm. Os produtores estão com a boca nas orelhas.

Água e "gatto"


Boa quarta, com chuva. Vai dar soja a reveria por aí. Bom, bom. O pasto também melhora e a nossa gente do campo pode respirar um pouco. Em Santiago deve ter chovido uns 80mm.

Meu gato hoje nem saiu pra fora, pois tem medo d'água, como é correto para os da sua espécie.

Ontem, em Jaguari, a chuva mal dava pra apagar o pó, mas hoje creio que tenha sido mais. Meus colegas estiveram lá pela manhã e já vão me dar notícias.

Mesmo com chuva, soube que um gatto invadiu um hospital, eh,eh,eh.
Bem, se foi gato eu não sei, mas que invadiu, invadiu. Estava querendo se livrar da chuva...acredito.

Manoel Viana

Hoje a Câmara de Manoel Viana abre um debate sobre os problemas da região Fronteira Oeste, sendo que 13 cidades estão lá representadas por vários vereadores.


Na foto, eu, o presidente Rube Consi, o vereador Giovani Pugliero e o grande amigo Paulo Pugliero, todos do PTB, partido que cresce na região.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Extra, extra!!!







Notícias da Colômbia
Há alguns meses, a santiaguense Nilta Menna Barreto Machado se mudou para Bogotá, na Colômbia, com sua família, pois o esposo, Saul, é militar designado para a embaixada brasileira naquele país. Com saudade dos amigos, ela enviou notícia contando um pouco da nova rotina.

"Por aqui, adaptação é a palavra-chave. Meus filhos estão estudando e eu busco minha pós em Psicologia. A cidade é, o clima é agradável e as pessoas são hospitaleiras.
Elas são um pouco 'desconfiadas', até por causa do tanto que já sofreram com o terrorismo e situações de guerrilha. Apesar disso, há grandes investimentos, indústrias, hotéis. Levantamos cedo para trabalhar, por volta de 5h e só paramos depois das 21h. Um abraço para todos aí".

Mensagem

"E aquelas do Raul? Um abraço."
Esta frase é do meu amigo Cleiton, para a foto, na qual poso com os "músicos".
Este cara sim, é músico!

Curiosidades


Café muito quente e...

Sempre que chego numa lanchonete pra matar quem me mata (a fome), o que mais vejo é o tradicional e bom pastel - iguaria que não foi inventada no Brasil, lógico. Mas o café, este sim, é nosso. O meu azar é que sempre me servem aquele granulado, que é de menor qualidade que o “passado”. E pra piorar, ele está sempre pelando de quente. Aí, até que fique a ponto de ser bebido, acabo comendo o pastel a seco. Que coisa!

...chimarrão lavado

Outra indignação minha é quanto ao chimarrão que me servem por aí. Cuia linda, erva pra lá de boa, mas quase sempre também está muito quente ou lavado. O problema, muitas vezes, está na imperícia na hora de fazê-lo ou na garrafa térmica que não tem um jato uniforme e direto. Aí, não adianta ter os demais requisitos. O “verde” fica lavado em poucos minutos.

Comentário

Sobre o Expresso:

Senhores,
"Tenho a grata satisfação de ser leitor dos jornais O Jaguar e Expresso Ilustrado, que me são enviados por meu pai que reside em Jaguari e é assinante de longa data.
Parabéns pelo trabalho. Pelos jornais, permaneço atualizado sobre as notícias do Vale do Jaguari." (Nilton Farinati)


S.Chico: comentário

Macaquices

"OI, QUE BOM QUE NO MUNDO DE HOJE AINDA EXISTEM PESSOAS COMO VOCÊ,OU SEJA, QUE NÃO POUPA O LOMBO DE NINGUÉM NEM SE VENDE POR QUALQUER TROCO.TÁ NA HORA DE PASSAR Á LIMPO, OU MELHOR FALANDO DESCASCAR AS LARANJAS DE SÃO CHICO.

É MUITO CACIQUE E POUCO ÍNDIO, MUITO DINHEIRO PRA POUCO TRABALHO. JÁ TEMOS MACACOS O SUFICIENTE EM NOSSAS PRAÇAS, TÁ NA HORA DE ALGUÉM TER CORAGEM PARA CONTAR AS MACAQUICES, ESPERAMOS ESGOTAR A VENDA DO EXPRESSO O DIA QUE TU RESOLVER FALAR." (Felipe).

Festa e festa

Pra quem pensa que sou "de ferro", veja aí como é que tiro o estresse. Como não toco nada, nem sino, e a banda é muito boa, só saí na foto mesmo. Entre os amigos estão Juninho, Menna e Almeida. Adoro vocês.

Minha segunda

Minha segunda foi corrida. Assim que passei uns serviços pra turma, me fui lá pro Cristóvão, onde falei sobre trânsito no auditório. Em poucas paleteadas dei minha contribuição para o Cidade Educadora.

Não vou mudar grande coisa, mas acredito que fiz minha parte. No final, até contei uma piada sobre o tema, como sempre faço em minhas palestras.

Falei sobre a ética nas ruas, no respeito aos policiais de serviço e sobre a correria ao volante, sem esquecer de criticar o fato das faixas de segurança (algumas) estarem nos lugares errados.

Por fim, antes da piada, perguntei por que as pessoas querem adentrar nas lojas ou no trabalho de carro. Não são capazes de caminhar nenhuma quadra...

À tarde me fui pra Manoel Viana e visitei vários lugares e, lógico, fui à câmara ouvir os vereadores. Tenho muitas novidades pra contar depois, e no Expresso.

Na ida e na vinda fui ouvindo o novo disco do Cadaval. Exelente. Baitas músicas. Letras boas, bons intérpretes como Édson Vargas, Miguel Marques, Nenito, Nilton Ferreira e até meu amigão Xuxu Nunes.

A letra do Sadi Machado, sobre o asfalto entre São Chico e Santiago, na voz do Édson Vargas é uma fábula. "Amigo que dá o que tem, não é obrigado a mais/tu vai lavrando na frente, que eu 'empareio' de atrás"...
Tudo isso na linda voz do Édson.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Comentário

DE FESTIVAIS

"Eu tenho a solução para que nos tenhamos uma festival forte como o grito, fazer o Festival da musica crioula de Santiago em Jaguari, quem sabe la o povo daqui vá, pois já notaram que se colocarem um cachorro acuando la em Jaguari todo mundo daqui vai, já aqui podem trazerem os melhores artistas que não da movimento algum."
(Ronairo)

A volta do D'Ferro


Quem com ferro fere...

"Sobre o blog, rapidamente decidi retomar. Sobre a política, não pensei muito. Na minha cabeça é uma confusão só e não vislumbro futuro para lado nenhum. Se de um lado está ruim, do outro é pior ainda. O fato é que eu clamo por MUDANÇAS e algo de novo tem que surgir".
(Vereador Miguel Bianchini)

Mais umas

Li, na postagem do Prates, que o conselheiro Peixoto acusa muitos de estarem tirando "casquinha" da BR 287. Perguntar não ofende: mas e ele, nunca tirou casca de nada em 20 anos? Se não tirou, que siga atirando pedras.

E digo mais: O Pispa que siga sendo apenas conselheiro, não um metedor de bedelho em áreas que não são mais de sua alçada. Ele teve 20 anos pra isso. Agora, a vez é dos outros.

Soube que um filho de brigadiano bateu o carro e fugiu do local. Fato lamentável. Não sei o que deu na cabeça do jovem que fez isso. E seu pai é uma incrível pessoa, sempre pelo correto.

Também soube que uma brigadiana pediu a um colega que limpasse um cocô de gato no quartel, porém ele se recusou. Disse que seu serviço não era esse. Deve ter rolado um inquérito por essa "desobediência".

São curiosidades que em nada atrapalham nossa boa vivência aqui pela aldeia.

Futebol x Ruivo

Este campeonato municipal com o nome do prefeito Ruivo é o legítimo puxa-saquismo praticado pelos organizadores. O prefeito ajuda o esporte? Ajuda, mas é sua obrigação e o dinheiro é nosso.

O Diniz deve ter adorado...

Pra liquidar

O Liquida Santiago pegou pra valer! Hoje ouvi, numa rádio local, uma promoção de "mosqueteiro" de casal. Deve ser um trio de desconto, ou os Três Mosqueteiros eram quatro?

Quero sugerir aos "donos" do festival que façam uma superliquidação do disco, ou lancem ele ali no Rincão dos Vianas.

Este anúncio que vejo nos blogues, sobre o Carnaval de Santiago, é um verdadeiro Carnaval.

Aquela foto do Jorjão Martins (São Vicente) no Expresso bateu todos os recordes. Um exemplo de como um prefeito não deve se portar.

O cara quer ser popular mas tá virando um populacho, mistura de popular com escracho.

Festival

Adorei a brincadeira do Rafael sobre o disco do festival, que é pra eu pegar na Rádio Santiago. Eu nem sabia que essa emissora estava de responsável por isso também.

E pensei que esse pessoal, que tanto alardeou que faria um ótimo evento, soubesse onde fica ou, pelo menos, o endereço dos órgãos de imprensa da cidade, mas a primeira que coisa que faz é ficar recalcado e misturar as coisas.

Eles não sabem ouvir críticas e pensam que os eventos são particulares e os fazem como querem.

Bebê a bordo


A família Expresso está mais feliz pois em abril a Maria Clara já estará entre nós. Ela vem para dar mais alegria aos seus pais, o Taborda e a Sandra, minha querida amiga e colega de tantos anos. Bem-vinda, pequenina, e que traga muita alegria também para todos os amigos da nossa família que aguardam a sua chegada com ansiedade.


Agradecemos, de antemão, à médica Sônia Nicola, que tão bem tem cuidado da Sandra para que o bebê nasça com muita saúde.

Poucas e boas


Meu Inter tomou na cola de novo e está fora do primeiro turno do Gauchão. O Celso ainda tem a cara-de-au de dizer que está entendido de Libertadores. Sim, só desse campeonato, o resto que vá pras cucuias...

Hoje é o aniversário do promotor Barbará. Como eu sei que ele é leitor desse blogue, aqui vai o meu abraço e o meu reconhecimento pelo seu trabalho. Ele hoje atua lá em São Chico.

Falando em São Chico, recebi um e-mail esclarecedor sobre as tais empresas laranjas ou fantasmas. Pela bela explicação da pessoa, fiquei até convencido de que ela não age de má fé. Não vou divulgar nada até que tenhamos algo de fato concreto.

Essa pessoa ainda me disse que rompeu com um partido porque seu "dono" fechou acordo com outros espertalhões da política para que fosse assegurada uma boca pra um familiar, por meio de um nepotismo cruzado. Eu não estava sabendo disso.

(foto: Herton Couceiro. O promotor Barbará e as integrantes de uma Ong, de ão Chico, na qual ele palestrou há pouco).




Bom dia, amigos


Segunda nublada, bom sinal... Neste ano, a seca não está tão intensa como em outros tempos. A soja vai dar bem, assim como outros tantos produtos.

Aqui em casa já colhi mais e 50 pepinos em m só pé, em meio às flores do jardim dos fundos. Vejam só! E quantos terrenos enormes existem por aí sem um pé de couve sequer.

Mato, mato e mais mato ocupa o lugar que poderia ser das plantas que trariam saúde e economia a muitas famílias.

Mas graças ao Expresso e outros veículos com a rádio Santiago, em muitos terrenos se vê brotar milho, abóbora, moranga, pepino e melão. Isso não se via em anos anteriores.

Então, vamos lá com a campanha: Troque o mato por comida!

Aqui em casa também estamos comendo verduras hidropônicas, vindas sabem de onde? De São Luiz Gonzaga. De lá também vem a carne para muitos mercados. E nós, e nós?

Como é que ninguém se deu conta de que essa atividade é rentável? A verdura hidropônica não tem agrotóxico e dura mais tempo na prateleira ou na geladeira.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

De festivais e carnavais

Nas minhas andanças, passei por Vacaria, terra do maior rodeio internacional. Me perdoem, amigos que amam o nativismo e o gauderismo, mas a cidade está muito mal-cuidada, prova de que esses eventos não trazem quase nada pra sua evolução, só tiram grana das prefeituras, dos empresários.

Não vêm o nosso festival? Nem disco nós temos. Veja o caso da Copa, dívidas e mais dívidas e times cobrando pra virem... Mas acordar, minha gente!

No Festival da Música Crioula, é só gente comendo e bebendo, nem ligando pro palco onde os artistas colocam os bofes pra fora para mostrar coisa boa. Depois, tomem dívidas, falta de dinheiro pro disco etc.

Jaguari deu show e ainda sobrou grana. O disco já está rodando e estão prontos pra outra.

Agora, no Carnaval, Jaguari de novo dará exemplo...

A Copa Santiago, que antes enchia as ruas de gente de fora gastando aqui, lotando até hotéis, hoje virou uma saqueadora de Santiago. O dinheiro só sai daqui... Vamos repensar tudo isso, enquanto há tempo.

Eu só vi um jogo da Copa, pois o Cruzeiro nem baixa havia dado na minha mensalidade de sócio, cujo valor é descontado direto no banco.

Tive que prometer à moça, que elegantemente me atendeu, que levaria os recibos lá. Só que tudo já estava devidamente pago pela Caixa, embora, nos computadores do Cruzeiro, estivessem faltando dar baixa nos dois últimos meses de pagamento.

São por essas e outras que a gente desanima...

Mais umas

Hoje ainda, no Expresso no Ar, relembramos dos políticos que estão sendo processados. Eliseu Padilha é um deles. É acusado de formação de Padilha, digo, de quadrilha. Caso estivesse eleito deputado federal, o processo estaria trancado em nome da dita "nulidade parlamentar".

Aí lembramos de Tito Beccon, ex-vereador de Santiago, processado pela Promotoria, que pedia a devolução de 70 mil de salário, ganhos indevidamente como vereador - conforme diz a Promotoria - já que ele desempenhava a função em horário que deveria estar fazendo outra coisa: trabalhando em Brasília, como está, de fato hoje.

Tito colocou como testemunhas de seu caso, alguns deputados, os quais têm privilégios, um deles e o de ir depor quando bem entenderem. Enquanto isso, o processo fica de ararrasto, talvez até o velho Tito aposentar-se eheheh...
É o Brasil...

Expresso no Ar

Verônica Ramos, rainha infantil do Carnaval, representando a escola Criança Feliz, e Taissa Menezes, rainha adulta, representando a escola Mocidade Independente.

Marquinhos Bueno, presidente da escola Mocidade Independente.

Hoje o Expresso no Ar, pela Central FM, foi diferente. Entre tantos assuntos, falamos do Carnaval. Marquinhos Bueno deu exemplo de sabedoria e de paixão pela arte carnavalesca. Ele ainda levou aos estúdios as rainhas Taissa (adulta) e Verônica (Infantil).

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Pra dar risada

Gauchada
destemida

Durante o acampamento da Semana Farroupilha no Parque Harmonia, as
principais lideranças do Estado do Rio Grande do Sul resolveram retomar a
Revolução Farroupilha e enviaram uma mensagem a Brasília:

- "Cambada de frouxos: declaramos guerra!
Temos 85 mil Cavalos e 90 mil Homens Farroupilhas".

Brasília então responde:

"Aceitamos a declaração. O Exército brasileiro tem 380 tanques, 160 aviões,
98 navios e 2 milhões de soldados."


Após dois longos dias de intensa discussão, a Gauchada responde:


- "Retiramos a declaração de guerra...Não temos como alojar tantos prisioneiros".

(enviada pela leitora Leandra Viero)

Seu Getúlio Roatt

Caríssimo
João Lemes,

Editor do grande jornal Expresso Ilustrado de Santiago. Jornal, este de maior circulação e número de leitores. Eu, como assinante deste a aproximadamente 15 anos, por motivo de força maior, cancelei a assinatura, mas agora gostaria continuar a receber este jornal que tanto aprecio por ser sério e de grande credibilidade. Peça para o representante do jornal para vir até minha casa refazer a assinatura. Grato por sua atenção, desde já.

Um abraço, Getulio Roatt Moreira, residente na Rua Sete de Setembro, nº 250, centro de Jaguari.
FONE: (55)3255-1418

Vamos dar risada?

PROFUNDO ...

Ontem, minha esposa e eu estávamos sentados na sala, falando das muitas coisas da vida.
Falávamos de viver ou morrer. Então, eu lhe disse:

-Nunca me deixe viver em estado vegetativo, dependendo somente de uma máquina e líquidos. Se você me vir nesse estado, desligue tudo o que me mantém vivo, por favor!

Ela se levantou, desligou a televisão, o computador , o ventilador e jogou minha cerveja fora.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Pra dar risada


Sem o Leme?

"Estamos cheios de trabalho aqui. Estamos navegando sem o 'leme', que ainda não retornou de sua viagem ao litoral catarinense".

Márcio Brasil -
jornalista do Expresso Ilustrado, em minha homenagem.

Com esta, vou passar a chamá-lo de colaborador, e não mais de colega, de amigo ou de empregado.

(É brincadeira minha. Pra mim ele é colega na hora do trabalho, funcionário na hora de eu ver a folha dele e amigo no resto do tempo).

Mais umas...

Expresso na gráfica, tudo certinho, vamos pras casas descansar. Amanhã, bem cedinho, o seu jornal estará em suas mãos. Boa leitura!

Vou mandar um recado à Daniela, assessora do deputado Chicão.
Uma moça excelente, grande jornalista, porém, precisa ser mais específica nas suas redações e mandar dizendo (nos próprios e-mails com as matérias), quais são mais importantes, a pedido, claro, do nosso deputado.

Quanto a enviar para todos a mesma coisa, como comentou o Prates, está tudo bem. Cabe às redações fazer a triagem ou ajustes necessários.

Louça suja


Inda há pouco fui lá na cozinha e fiz aquele lanchinho. Agora, volto lá e lavo a xícara, pois a nossa cozinheira está em férias, deixando o serviço bruto por nossa conta. Bom, muito bom. De vez em quando é bom fazer essas lidas.

Ontem à noite, após o jantar, o Márcio foi quem lavou a louça. Na outra semana serei eu.

Só estou puto com o cara que comeu a carne que deixamos, pois o prato ficou lá mesmo, na geladaiera, porém só com o rastro do petisco.

Eu não sabia que louça suja se guardava na geladeira... de certo, ele (ou ela) pretende usar de novo o artefato, mas sem lavá-lo.

Tenho certeza que meu amigo Denilson não foi o causador dessa proeza, já que seu médico o proibiu de comer carne, ainda mais um bifezito tipo o que havíamos deixado na geladeira.

Sem alternativa, segunda vou instaurar um inquérito e fazer uma acariação pra saber quem foi o sugismundo da nossa cozinha.

Sobre o Rafael

Caro amigo João!

Faz dias que não acompanhava seu blog , pois estou descansando um pouco, como se diz, de férias. Mas ao ver essa postagem do meu amigo Rafael só posso dizer que na vida as coisas sempre são difíceis principalmente para as pessoas que tem coragem de dar a cara para bater, digo mais admiro o trabalho dele como profissional da imprensa e como pessoa.


Fiquei muito feliz quando estes dias liguei o meu radio na Verdes Pampas e escutei o Rafael, que está novamente trabalhando nesta bela emissora.Cumprimento a Dona Ana por ter dado novamente uma oportunidade a este jovem que é o futuro do nosso jornalismo junto com tantos outros que estão no mesmo caminho.

Um abraço ...

Henrique Nascimento
Agente Politico
Capão do Cipó


Está aí, portanto, mais um reconhecimento ao jovem comunicador.

Espetacular!

Depois de tantas denúncias sobre o lixo na saída do bairro Bonato (estrada velha) alguém surge fazendo boas ações. É o senhor Neri Gorski, da Ong Nascentes, que há cinco anos tem prazer em limpar sangas e beiras de estradas.

Vendo a imagem, nos deparamos com duas realidades: a dos que sujam e a dos que limpam. Coloque a mão na consciência e veja em qual você se encaixa e durma feliz, se puder.

Colaborador

Boa tarde,
senhor Marçal.

Sua crítica tem fundamento, mas tem que ver se as pessoas querem ser chamadas de "colaboradores", ou querem melhor tratamento imbuído de outras intenções, principalmente a de valorizá-los por meio de bons salários, carteira assinada, bom ambiente e, acima de tudo, com pagamento em dia.

Não adianta chamar de colaboradores e, no frigir dos ovos, deixar cair as outras coisas. De sorriso, de invenções modernas para mudar o que é pétreo o mundo está cheio.

Me perdoe, mas minha opinião é essa e saiba que muitos desses "colaboradores" e até patrões mandaram e-mail elogiando o artigo. Também ouvi gente criticando os tais modernizadores que falam uma língua esdrúxula que ninguém entende.

E muito obrigado pela sua "colaboração".
J. Lemes

Coisa de louco




Acabo de ler no blogue do Prates sobre o lixo na estrada da barragem. Que coisa! Nossa reportagem também tinha ido no local e presenciado o medonho fato.

Faço um apelo aos demais blogueiros, que sigam este exemplo de divulgar estas coisas horríveis e batam, batam até que alguém tome tenência da barbaridade contra o meio ambiente.

E não adianta o secretário Gildo dizer que a multa vai de cinco mil a 50 milhões, isso é piada. Ninguém multa ninguém por isso. E eles só vão parar quando forem presos e tiverem que pagar até as calças para se verem livres da pena.

Bebidas em postos


Para esta questão, chamo meus amigos advogados e agentes de segurança para um debate. Lá em Araranguá - SC, os postos de combustíveis exibem este "recado" nas lojas de conveniência, uma "inconveniência", penso eu. Fora os erros de redação (no 1º parágrafo iria uma vírgula em vez de ponto), o troço não cita lei alguma e ainda encerra agradecendo pela "forçada compreensão".

Será que esse delegado de polícia pode determinar a proibição da venda de bebida? Isso não fica a cargo de um juiz?

E se é tão fácil assim, por que ninguém proibe nada nesse sentido aqui em Santiago?

Me ajudem a sair dessa, por favor!

Em tempo - Em Santo Ângelo ninguém vende bebida após a meia-noite, mas lá é um acerto entre os empresários e a Promotoria. E está sendo cumprido à risca.
Cumpre-me, ainda, dizer que as arruaças em geral caíram em larga escala.

Comentário

Estive no site e li uma columa postada no site e impressa no jornal, que chamou a minha atenção, abaixo segue o trecho:

Colaborador ou
empregado?

Muitos dos novos empresários e os “chegados” no malfadado e enfadonho método de falar o “politicamente correto”, não chamam mais empregado de empregado, nem de funcionário. Agora, eles são “colaboradores”. Ora, todos sabemos que a submissão, a atuação no mesmo local de trabalho, o mando e a paga caracterizam o chamado vínculo empregatício. Logo, todo o “colaborador” que recebe ordem e salário é, na crua verdade, um empregado, um funcionário, um servidor. Pronto. Razões de sobra para encerrar de uma vez por todas essa frescura de chamar empregado de “colaborador”.

Pois bem, achei sua coluna uma "m" para não escrever pior... Um representante e formador de opinião como o Sr deveria ser o primeiro a chamar seus "emprega dos" como colaboradores, sabendo que o sentido maior desse adjetivo é motivar seus "empregados", isso faz com que o colaborador se sinta valorizado por aquilo que é pago a fazer, por algum acaso, o Srº já ouviu aquele velho ditado que diz: " Empregado feliz e motivado produz mais satisfação, logo a empresa lucra.

Uma ótima Tarde. (Vale lembrar que sou santiaguense e pensava assim, porém é preciso abrir os horizontes para novas idéias, pensamentos como o do Srº faz com que a cidade não cresca, não evolua)

Marçal Maciel Siqueira

Olha a banana!


Este lugar fica nos fundos da minha casa e a bananeira foi plantada pelo sogro do meu amigo Careca, só que as frutas não foram colhidas nela. Ainda não. Eu as comprei na estrada, BR 101, próximo a Araranguá - SC.
As encostas dos morros são viradas em plantações de bananeiras. Essa aí é do tipo "prata". Uma delícia. Bom pra cambada aqui de casa, que adora uma bananinha...

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Diniz toca bomba


Ele quer oposição
inteligente aqui

O vereador Diniz Cogo quer provar que a oposição ao PP em Santiago tem inteligência e liderança. Há mais de um ano ele anunciou no Expresso que pretende concorrer a prefeito em 2012 e agora está se preparando para encabeçar as discussões e propor para a sociedade uma mudança política. Hoje, ele incendiou o seu perfil no Twitter com algumas de suas ideias. Confira:

"Santiago é um caso apartado da tendência mundial, nossa população diminui e os jovens vão embora daqui sem emprego e sem futuro, tristeza.

Aliás, tudo em Santiago está virado. Até as empresas chaves do desenvolvimento regional investem seus serviços gráficos noutras região.

Não entendo como uma empresa como a URI deixa de investir em Santiago e manda fazer seus serviços gráficos em outras cidades.

Fortalecer a economia regional e criar uma cadeia produtiva local significa investir na Terra, inclusive a Prefeitura local, que segue a URI.

Como geraremos empregos locais se a URI investe em Venâncio Aires e a Prefeitura em Santa Maria. Como ex-presidente do COREDE fiquei triste.
Louvo o exemplo do COREDE, que investe e reinveste no que é nosso. Ganha aqui e investe aqui.

Não é mais possível aceitarmos essa debandada dos nossos jovens por falta de empregos em nossa cidade. Não sem razão nossa população encolhe.

Santiago pode sim ser próspera, basta rompermos com esse conservadorismo agrário e de acomodação das famílias da elite nos órgãos publicos."

O perfil dele é o http://twitter.com/dinizcogo

O retorno

Filazinha regular... E a gente ainda reclama do nosso trânsito. Mas agora eu só reclamo do calçamento esburacado de Santiago. Espero que seja por pouco tempo.


Viemos direto e tudo foi muito bem, exceto pelo engarrafamento que pegamos no trecho Tabaí - Canoas, onde ficamos mais de duas horas entreveirados em uma fila quilométrica.

Resolveram fazer um viaduto de “uma figa” nessa via e, em certos dias, quando há trabalho na obra, tudo para. Não há Cristo que faça a fila andar

Pra completar, invento de desligar o veículo que eu dirigia, que é pesado, e a bateria estava fraca. Foi preciso empurrar sozinho aquela onça, enquanto a Suzana pilotava, puxando o carro pro acostamento.

E quem disser que alguém me ajudou, mente. Tive que parar o trânsito no peito e na raça. Faz parte...

O retorno


Os morros entre o RS e Santa Catarina são encantadores.

Por baixo da montanha


Na volta, viemos pela BR 101, a qual até que estava calma. Aí, deu pra apreciar a paisagem...



As nossas "lajes". "Pior do que tá não fica"



Despedida da praia

Vejam a altura da simpática Honorine Talek


Como todo bom turista, não deixamos de visitar lugares diferentes e, claro, trazer algumas lembrancinhas. Numa das lojas de um shopping (Garopaba), encontramos esta camaronesa, que vende esculturas feitas em mógno e em outras madeiras, algumas exclusivas, vindas do Kênia - África.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Homenagem




Revendo meus arquivos, achei essa crônica, a qual fiz pra minha filha, nos seus 15 anos. Recordemos, pois.

Fernanda, 15 anos

O tempo, esse fenômeno misto de magia e realidade e que tudo altera, modifica, transforma, muda... mudou também a criança. Fez dela uma menina, uma menina-moça, menina-mulher...

Hoje, apenas conseguimos enxergar a nossa garotinha nas páginas da memória, cujo tempo jamais conseguirá alterar. Mas esse mesmo tempo que transformou o nosso bebê, teve o cuidado de manter nele a mesma meiguice, o mesmo jeito criança, acrescido de uma beleza ímpar, sugerindo até que a comparemos à uma flor.

Ah, Fernanda! Quem nos dera poder parar o tempo nesta noite e eternizar nossa alegria por vê-la tão radiante, tão cheia de sonhos, tão feliz...

Sabemos que o mundo poderá roubá-la de nós e isso aflora o egoísmo que habita cada ser, porém é preciso dar tempo ao tempo para compreender e aceitar que tens vida própria e que será, daqui para frente, também uma dona, uma senhora do teu destino, levando nele a certeza que és amada, adorada, admirada...

Parabéns, filha querida, e que esses momentos fiquem também eternizados em nossos corações, sem chances para o tempo desfazê-los, pois vendo você tão bela e irradiando felicidade, o mínimo que poderíamos querer é desfrutar um pouquinho de tudo isso, repartindo contigo o nosso imenso e eterno amor.
(João e Suzana Lemes).

Crônica do dia

Expresso, 18 anos

Escrevo aqui de Santa Catarina. Num lugar calmo, cercado de verde e água, meu pensamento foca um tempo longínquo: minha infância perdida. Como sabem, fui o menino pobre que rolou, que fugiu de casa aos 14 anos por não aguentar as torturas da tia. Sem chances de voltar à escola, buscou nos livros (mais no da vida) o aprendizado pra ser autodidata, cujo compromisso social defende há mais de 20 anos.
Neste ano em que o Expresso fecha seus 18 anos, revejo tudo isso. Lembro do meu pai, morto por uma bala aos 38 anos, deixando a mim e demais filhos ao léu. Desde aquela época, jurei que jamais usaria arma de fogo, instrumento dos fracos. Lembro da tia Elvira, que me cuidou até certa idade, do tio Valdomiro que ficou comigo até eu ter 14. Lembro do colégio interno, das brigas, das ofensas.

Lembro dos amigos de hoje que dizem: “Tu só não foi bandido porque não quis, pois foi atirado ao mundo. Mas não foi assim, não é assim. Cada um traz a missão, a índole própria, boa ou má. Fajuta, machista, malvada, covarde, seja o que for está dentro de nós. O mundo só ensina...

Como é bom lembrar, saber que venci parte da batalha construindo um lar pra família e um jornal que é lido por 40 mil. Como é bom receber o carinho dos leitores, das pessoas de bem. Por tudo isso que reflito, por tudo isso que vivo, por tudo isso que não desisto de nada. A vida me fez assim, fui aluno dela e aprendi, mas não o suficiente. E foi isso que me motivou nesses 18 anos de Expresso e que seguirá me motivando por mais 18.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Rafael

"Todos sabem que defendi com unhas e dentes a candidatura de Mônica Leal. Coordenei sua campanha na região. Ela não se elegeu, infelizmente. O Chicão chegou lá. Passada a eleição, período em que meu blog se tornou exclusivamente político, voltei a investir em jornalismo. Voltei ao rádio também. Sendo um representante da imprensa, deixando o caráter pessoal de lado, minha função é noticiar."
(por Rafael Nemitz)

Sempre admirei o trabalho desse moço e, agora, com essa postagem bonita, vou admirá-lo muito mais.

Poucas e boas

Mesmo aqui, soube que uma santiaguense, mãe de um nenê de 3 meses, foi levada a São Borja com suspeita de gripe A. Será mesmo o pé do cabrito? Essa peste vai voltar?
Soube que, e isso não é novidade, que o ex-prefeito de Manoel Viana está enrolado com o fechamento das contas.

Espero que meus colegas aí do Expresso estejam atentos e que não montem um blogue só pra dizer que o salário está baixo, como fazem alguns servidores públicos.

Isso é de parar o Rio Grande. Onde já se viu? O povo, que é servido por esses profissionais públicos certamente pensará que eles atuam desinteressados, desmotivados... E que vençam os ladrões.


Praia limpa, muitas
ondas e surfistas

Essa praia, a do Rosa, é uma maravilha! Muito limpa, por sinal. É também a mais frequentada por surfistas devido às altas ondas por mais tempo. A gente, que não surfa, não deve se aventurar muito pra evitar afogamentos.

Também se nota muitos argentinos, que vêm nos trazer uns pilas...

Por aqui há muito verde, morros, muitas enseadas... Quem cansar de olhar pro mar, olha pros morros.

Falando em morros, já se vê algumas casas nas encostas. O povo não aprende mesmo.

O bom daqui (em área de praia) é que os cuscos não têm vez. E pra quem quiser burlar a lei, o que é de praxe para os do jeitinho brasileiro, há uma placa com um número de telefone dizendo: denuncie! Ligue!

Eu quase testei o serviço ao ver uma senhora com um cusquinho. Adoro fazer isso, porém, dei-lhe uma chance. O bicho era bem pequeno e estava o tempo todo preso à sua cadeira. Certamente ela seria a primeira a sentir o odor, caso ele resolvesse defecar...

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Da praia



Direto de
Santa Catarina

Aqui na terra dos “barrigas-verdes” o tempo segue enferruscado, droga! Mas, como dissera outro dia, vamos remando.

Os jornais só falam a mesma coisa: “o agito do Egito”. Nunca vi como o Brasil adora mexericar no mundo lá fora e dar pitaco.

E o faz pela imprensa. Aliás, se você ligar em qualquer canal ou comprar qualquer jornal, lá estará a mesma coisa: a história do ditador Mubarak.

Eu nem sei pra que vários veículos, se todos dizem a mesma coisa o tempo todo. Até parece que um olha o do outro pra fazer exatamente igual. Ts, ts, ts...

Quanto às notícias de Santa Catarina, não são diferentes das do nosso Rio Grande. Em Floripa, querem cassar vereadores corruptos, e policiais são acusados de terem ligações com o tráfico de drogas.

A dona Ângela Amin, ex-prefeita de Florianópolis, foi condenada a devolver um milhão de reais devido à sua campanhazinha com dinheiro público, cujo slogan era: A cidade que mora em ‘Mim’.

Pra ganhar dela, só a bruxa Madame Min.

São roubos, mortes, drogas... A minha amiga Sandra até ficou pasmada ao ver um surfista puxando um fuminho bem ao nosso lado, na praia. “E a polícia não faz nada”, diz ela.

Aí, argumentei que há muito ninguém prende ninguém por estar usando droga. São as ditas vítimas dessas porcarias todas.

Por aqui também há gente reclamando de lixo nas praias, nas ruas... O prefeito de Palhoça até foi a Minas ver uma usina de incineração de lixo.

Acreditem, esse é o futuro. Transformar lixo em carvão pra gerar energia. E tudo sem poluir o meio ambiente.

Mas isso é lá em Minas, na cidade de Unaí, com gente que se deu por conta de copiar o que muitos países europeus já fazem. E nós, e nós?

Em breve, Joinville terá uma fábrica da GM. Serão 350 milhões investidos. Nessa unidade, só serão fabricados motores.

Vejo que a indústria têxtil vai subir seus preços. As roupas ficarão mais caras em 40%. Me vou correndo pra Santiago aproveitar o Liquida.

Passa, passa,
passarela...

Nessa minha viagem de férias cortei o Rio Grande de ponta a ponta e sabem quantas passarelas - dessas construídas sobre rodovias para evitar acidentes - eu vi? Nenhuma. Com todo o respeito às famílias das pessoas que morreram na nossa 287, Santiago também não deve gastar com tal obra.

Um passarela, além de ser cara, seria pouco usada. As pessoas terão preguiça de subir as escadas e seguirão atravessando a BR, arriscando-se, como sempre fizeram. Vejam os casos de uma instalada em Santa
Maria e outra em Cruz Alta.

O que se precisa, de fato, é de educação no trânsito, não só para os motoristas, mas para os pedestres desatentos que pensam que ninguém vai bater neles. E digo mais, esse assunto só está em alta em face aos últimos acidentes, logo, logo ele também “passará”.

Panorama geral

Romário sabe
que não sabe

Vejam só: O Romário, aquele mesmo que só jogou bola a vida toda e há pouco foi até preso por negar pensão à esposa, hoje é deputado federal. É o Brasil!

Na posse, o Baixinho disse que jogou pra multidões e nunca se sentiu tão nervoso como agora. Lógico, antes ele fazia o que sabia, agora ele faz outra coisa bem diferente. E sabe que não sabe.

Mãos-de-tesoura

Dilma, com medo da inflação, anuncia cortes com diárias, contratações etc. Tesoureou também as ditas emendas parlamentares. Dos 21 bilhões que senadores e deputados indicaram aos estados, 18 foram bloqueados. Com essa, o “papai Henze”, também conhecido como “o deputado das emendas”, perde um pouco da sua força de voto

O Tempo e O Vento

“O Tempo e o Vento”, de Érico Veríssimo, que já foi minisérie da Globo, agora vai dar filme. Thiago Lacerda será o Capitão Rodrigo, Glória Pires e a filha serão Ana Terra (duas fases). Também estarão no elenco os famosos Tarcísio Meira e José Mayer.

O diretor Jayme Monjardim vem ao Estado pedir dinheiro ao governo para a obra, pois o filme, que terá mais de três mil figurantes, deve estar pronto em 2012.

Esperamos que Cruz Alta, terra do escritor, seja incluída no roteiro das filmagens e que o mau exemplo do “Concerto Campestre” (que virou num escândalo com má prestação de contas do dinheiro da LIC) não seja seguido.

Faça sol,
faça chuva

O Rio Grande se mescla em chuva e seca. Na maioria das regiões choveu abaixo do esperado. Noutras, a chuva gerou enxurradas. Assim, há municípios que decretaram emergência pela seca, outros, pela chuva.

Apesar da falta de chuva no RS, teremos uma safra abundante. Serão quase 25 milhões de toneladas colhidas em mais de 7 milhões de hectares.

A preço de cebola

E os produtores de São José do Norte (perto de Rio Grande), uma das maiores fornecedoras de cebola do mundo, estão de novo brabos com o baixo preço pago pelo produto. Eles doam cebola aos moradores em sinal de protesto. Também pudera, o valor caiu de R$ 1,00 para 0,10 centavos. Eles querem ganhar, no mínimo, 0,5 o quilo.

A explicação para tanta desvalorização, está na importação de cebola argentina e na boa produção de outros tantos estados brasileiros.


Binho, o colorado


Binho Gomes, o novo vereador pelo PP, apenas era conhecido por ser colorado e por ser filho do ex-prefeito (hoje vice) Toninho Gomes. Binho assume a vaga de Mara Rebelo, que foi pra capital assessorar o deputado Chicão. Suas promessas se pautam na agricultura e no ambientalismo. Vamos ver pra crer!


Confissão moderna

Já temos sexo por telefone, velório por internet, agora temos a confissão tecnológica. Com um novo aplicativo (programinha) que custa uns três pilas, a pessoa liga o celular e faz um autoexame da sua consciência. Daqui a uns dias inventarão um método que nos garanta espaço no céu.

Juiz tarado?


Em Três Passos, o juiz Marcelo Mezzomo foi o primeiro magistrado gaúcho a ser mandado embora. Ele perdeu o emprego porque teria cantado uma senhora casada numa sorveteria. Ele disse pra sogra da moça: “Uma guria linda e gostosa assim não deveria ser exposta, pois sempre aparece algum cafajeste pra olhar”. E não é que apareceu mesmo!

O Estado vai contratar professores temporários para atuar nas séries iniciais do ensino fundamental e para educação especial. Se você está apto, fique atento.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011




Este cara aí comigo é o João Henrique, meu garoto mais moço. Não é a cara do pai?

Férias é isso





E lá vou euuuuu...

"Cosa" linda, não acham? Bem, pelo menos é diferente...



O meu filho Fagner, registrando tudo.

Surfando em
Garopaba

Como Garopaba fica aqui bem pertinho da Praia do Rosa, onde estamos, seguido vamos a essa praia também. Da água eu não gostei. Pela fama, achei que fosse mais limpa. Outra: a orla está cada vez mais estreita, sendo sufocada pelo avanço do mar e pelas obras à beira-mar. Bicho-homem, báh!

Mas do que eu gostei mesmo foram das dunas. Essas mesmas que o Chicão adora brincar (e até saiu no Expresso certa vez). Virei criança de novo. Quá, quá, quá...

Passamos a tarde na areia, subindo e descendo de prancha. O problema é a estrutura. Um lugar lindo e com acessos de chão, sem acostamento para pedestres, sem pistas pra caminhadas...

Estacionamentos

Lembrando das ruas aqui em Florianópolis, terra do nosso amigo e colunista do Expresso, o Jayme Piva, convém dizer: o pessoal usa tinta e a caneta em vez de estacionamento pago. Eles demarcam bem os locais e quem estacionar fora, pau nele. Assim funciona, viram, vereadores santiaguenses?